Arte/Estadão
Arte/Estadão

Grandes times paulistas conhecem seus rivais das quartas de final do Estadual

Na última rodada do torneio, São Paulo, Santos, Palmeiras e Corinthians saberão quem vão enfrentar

O Estado de S. Paulo

20 de abril de 2013 | 21h00

SÃO PAULO - Com os quatro grandes já classificados para o mata-mata há bastante tempo, o principal atrativo da última rodada da primeira fase do Campeonato Paulista será descobrir contra quem eles jogarão nas quartas de final, marcadas para o próximo fim de semana (as datas e os horários das partidas deverão ser divulgados na segunda-feira pela Federação Paulista de Futebol). Além disso, neste domingo sairão o último classificado para a fase decisiva e o último rebaixado para a Série A-2.

Com Santos, Palmeiras e Corinthians ocupando no momento a quarta, a quinta e a sexta colocações, respectivamente, a possibilidade de ser disputado um clássico nas quartas de final é enorme. Um exemplo: se o Mogi Mirim derrotar o São Paulo em sua casa e Ponte Preta, Santos e Palmeiras também vencerem, haverá um confronto entre santistas e palmeirenses na primeira rodada do mata-mata. Existe também a possibilidade de o Santos enfrentar o Corinthians, assim como é possível que o Palmeiras jogue contra os campeões do mundo – essa hipótese, no entanto, é um pouco menos provável do que as outras.

Para o São Paulo, a partida contra o Mogi será praticamente um amistoso. Enquanto seus três maiores rivais ainda lutam para melhorar a posição na classificação, a equipe do Morumbi já está garantida em primeiro lugar há algumas rodadas e usará o compromisso de hoje para treinar.

Para a Ponte Preta, por outro lado, hoje não é dia de treino. O time de Campinas, vice-líder, está em posição confortável, mas precisa ficar atento porque existe a possibilidade de despencar para a quinta colocação e, assim, ter de disputar as quartas de final fora de casa. Isso só vai ocorrer, no entanto, se der tudo errado para a Ponte. Ou seja, se ela perder para o Bragantino, fora de casa, o Mogi Mirim empatar ou vencer o São Paulo e Santos e Palmeiras ganharem seus jogos.

BRIGA NO INTERIOR

Apenas duas equipes estão na disputa pela oitava colocação: Penapolense e Linense. O time de Penápolis conta com a valiosa vantagem de ter um ponto a mais, mas nem por isso seus torcedores podem se sentir seguros. A tabela foi um tanto traiçoeira com a equipe, que hoje vai enfrentar o Santos na Vila Belmiro.

É bem verdade que o Linense também terá um compromisso bastante difícil hoje – contra o Mirassol, fora de casa –, mas não tanto quanto enfrentar Neymar, Montillo, Cícero e companhia, todos confirmados pelo técnico Muricy Ramalho na partida contra o Penapolense.

Na parte cinzenta da classificação, Mirassol, Ituano e São Bernardo lutam para não ser o último rebaixado – Guarani, União Barbarense e São Caetano já caíram.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.