Grant contrata advogado de princesa Diana após demissão

Técnico israelense não estaria satisfeito com o valor da multa rescisória de seu contrato com o Chelsea

EFE

27 de maio de 2008 | 11h16

O técnico israelense Avram Grant contratou o advogado que defendeu os direitos da princesa Diana em seu divórcio com o príncipe Charles após sua polêmica demissão do Chelsea, informou nesta terça-feira a imprensa britânica. Após encerrar a última temporada sem conquistar nenhum título, Grant acabou sendo demitido de forma imediata pelo dono da equipe de Londres, o magnata russo Roman Abramovich. Segundo o jornal The Independent, o israelense contratou os serviços do famoso advogado Anthony Julius - que representou a princesa Diana no seu processo de separação - para atuar em seu favor em sua polêmica saída do Chelsea. O técnico não estaria satisfeito com o valor da multa rescisória, que não foi revelado. Segundo a publicação, Grant considera este valor insuficiente, em comparação ao que o português José Mourinho (seu antecessor) recebeu (12 milhões de libras, aproximadamente 38,5 milhões de reais) ao deixar o comando do time. Segundo fontes citadas pelo The Independent, Grant, que é amigo pessoal de Abramovich, sente-se "traído" pelo milionário russo. O Chelsea teve chances de conquistar vários títulos nesta temporada, como o Campeonato Inglês e a Liga dos Campeões, mas acabou falhando no final. Por outro lado, Grant foi o único técnico da história do Chelsea a levar esta equipe a uma final de Liga dos Campeões. 

Tudo o que sabemos sobre:
Avram GrantChelsea

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.