Gre-Nal opõe Inter desesperado pelo G4 e Grêmio a um passo da Libertadores

Internacional e Grêmio chegam com motivações diferentes para o Gre-Nal deste domingo, às 17 horas, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, pela 36.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O time colorado vem de derrota para a Chapecoense, que o deixou mais distante do G4. A equipe tricolor venceu o Fluminense e está a um passo de confirmar a vaga na Copa Libertadores.

Estadão Conteúdo

22 de novembro de 2015 | 08h13

O Internacional tem 53 pontos e está a três de distância do São Paulo, que é o quarto colocado. Uma derrota no clássico pode praticamente colocará fim às pretensões de disputar o torneio sul-americano em 2016. O Grêmio soma 62 pontos e tem sete de vantagem sobre o Santos, o quinto colocado. Uma vitória garante a equipe matematicamente entre os quatro melhores.

Além da motivação pela competição, que está a três rodadas do final, o Gre-Nal do segundo turno tem sabor de revanche para o Internacional. Na primeira metade do Brasileirão, o Grêmio atropelou o arquirrival com uma vitória por 5 a 0, na Arena Grêmio. O resultado embalou o time tricolor, que chegou ao G4 e não saiu mais.

Os jogadores colorados evitaram falar sobre o assunto, pois os dias que antecederam ao clássico foi de tensão por conta do mau resultado em Chapecó (SC). Tanto é que na sexta-feira, o único que falou com a imprensa foi o presidente Vitorio Piffero. E tratou de mandar a pressão para o lado de lá. "Nós temos obrigação de vencer por ser um jogo em casa. Mas o Grêmio hoje é o favorito porque é o melhor", comentou.

DO CAMPO AO BANCO - O clássico no Beira-Rio também colocará frente a frente dois adversários que já duelarem dentro de campo no Gre-Nal e agora são treinadores. Argel Fucks e Roger Machado se enfrentaram quatro vezes, quando o primeiro era zagueiro do Internacional e o outro, lateral-esquerdo do Grêmio. Argel levou vantagem com duas vitórias, um empate e uma derrota. A derrota, no entanto, custou o título do Campeonato Gaúcho de 1995.

No primeiro encontro agora como treinadores, Argel Fucks tem problemas para escalar o setor defensivo do Internacional. O zagueiro Juan foi expulso na última rodada e terá que cumprir suspensão. Réver está na reta final de uma recuperação muscular e é dúvida. Se não jogar, o treinador formará uma zaga com Ernando e Paulão. Como Ernando tem atuado de lateral-esquerdo, Artur entraria para atuar pelo lado do campo.

Roger Machado terá todos os titulares à disposição. O zagueiro Erazo está de volta após ter defendido o Equador nas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018. O volante Ramiro, que voltou de lesão na vitória por 1 a 0 sobre o Fluminense, será reavaliado, mas deve entrar em campo.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoInterGrêmio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.