Vincent Jannink/AFP
Vincent Jannink/AFP

Grécia demite técnico e contrata ex-jogador campeão da Eurocopa de 1988

Canadense naturalizado holandês John van't Schip assume o lugar do grego Angelos Anastasiadis

Redação, Estadão Conteúdo

31 de julho de 2019 | 17h03

Com um início ruim nas Eliminatórias para a Eurocopa de 2020 da sua seleção nacional, a Federação Grega de Futebol decidiu apostar em uma mudança de técnico para tentar obter a vaga no torneio continental. Nesta quarta-feira, então, anunciou a demissão Angelos Anastasiadis, que será substituído pelo canadense naturalizado holandês John van't Schip.

Campeã da Eurocopa em 2004, a seleção da Grécia somou quatro pontos nos seus dois primeiros compromissos para o torneio continental, mas sucumbiu nos últimos dois, com derrotas em casa para a Itália (3 a 0) e a Armênia (3 a 2), figurando em quarto lugar no Grupo J do qualificatório, sendo que só os dois primeiros vão se classificar.

Ex-meio-campista, Van't Schip, de 55 anos, foi campeão da Eurocopa de 1988 pela seleção holandesa, também tendo feito parte do grupo que disputou a Copa do Mundo de 1990 e o torneio continental em 1992. E agora assinou um contrato válido por dois anos com a seleção grega.

Fora dos gramados, Van't Schip possui experiência como assistente técnico do Ajax e da seleção da Holanda, além de ter comandado equipes no futebol mexicano, australiano e também no holandês.

A seleção da Grécia é a atual 54ª colocada no ranking da Fifa. E os seus primeiros jogos com o novo treinador vão ser nos dias 5 e 8 de setembro, pelas Eliminatórias da Eurocopa, contra Finlândia e Liechtenstein.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.