Grécia pode banir torcidas de clássico por violência

O governo da Grécia revelou nesta terça-feira que deve proibir torcedores de Olympiakos e Panathinaikos de assistirem partidas programadas de basquete e vôlei entre os dois clubes após os violentos conflitos ocorridos no último fim de semana em um jogo de futebol.

AE-AP, Agência Estado

22 de fevereiro de 2011 | 12h58

O secretário-geral para o esporte Panos Bitsaxis disse que pediu para as federações convidarem crianças de escolas para que só elas assistam a final de um torneio de basquete no dia 6 de março e um duelo pelas semifinais de um torneio de vôlei marcada para 2 de março.

Líder do Campeonato Grego de futebol, o Olympiakos deve ser punido por conta do comportamento dos seus torcedores, que invadiram o gramado e agrediram vários jogadores do Panathinaikos no sábado. O Olympiakos venceu o jogo por 2 a 1 e ampliou a sua vantagem na liderança para dez pontos.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolGréciaviolência

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.