Grêmio agora só pensa no Corinthians

O Grêmio queria uma vitória na Vila Belmiro, mas o empate por dois gols neste domingo na Vila Belmiro acabou sendo considerado um bom resultado pelos gaúchos. "São três meses que a gente vem nessa pressão e agora, dependemos de uma vitória em Porto Alegre contra o Corinthians", disse Claudiomiro, que levou o terceiro cartão amarelo neste domingo e desfalcará a equipe para essa partida decisiva. "Temos certeza de que a torcida vai lotar o Olímpico para nos incentivar para essa partida e estamos bastante confiantes numa vitória que nos permitirá continuar na primeira divisão", conclui.Para Christian, o Grêmio "teve uma postura digna em campo, está vivo e agora vai decidir em casa". Leanderson acha que o jogo contra o Santos "foi uma batalha digna dos dois times". Ele espera 60 mil torcedores para o jogo contra o Corinthians. "Precisamos desse incentivo para ganhar o jogo e continuar na primeira divisão". Já o goleiro Eduardo Martini comentou que o Grêmio "teve a felicidade de sair na frente duas vezes, mas o Santos teve a força para empatar".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.