Grêmio
Grêmio

Grêmio anuncia contratação de Caio Henrique por empréstimo até o final do ano

Jogador de 22 anos estava no Atlético de Madrid, dono de seus direitos econômicos

Redação, Estadao Conteudo

21 de janeiro de 2020 | 16h38

A diretoria do Grêmio anunciou nesta terça-feira a contratação do lateral-esquerdo Caio Henrique, que jogou no ano passado pelo Fluminense. Após uma longa negociação, o clube gaúcho confirmou que o jogador de 22 anos chega por empréstimo junto ao Atlético de Madrid, dono de seus direitos econômicos, até o final da temporada de 2020.

Nas redes sociais, o Grêmio usou uma série de postagens de torcedores gremistas perguntando quando o lateral-esquerdo seria anunciado para confirmar o novo reforço. Caio Henrique começou a carreira no Santos, de onde saiu para o Atlético de Madrid, quando ainda atuava pelo time sub-20 da equipe paulista. Adquirido pelos espanhóis, jogou por empréstimo no Paraná e no Fluminense nos últimos dois anos.

A apresentação de Caio Henrique em Porto Alegre depende do desempenho da seleção brasileira sub-23 no Pré-Olímpico da Colômbia. O Brasil estreou com vitória sobre o Peru e o lateral-esquerdo foi titular da equipe comandada pelo técnico André Jardine. Além dele, mais três jogadores do Grêmio estão na competição que vale vaga nos Jogos de Tóquio-2020: Phelipe Megiolaro, Matheus Henrique e Pepê.

Caio Henrique se destacou na temporada passada atuando como lateral-esquerdo, apesar de ser meio-campista de origem. Com o técnico Fernando Diniz, no Fluminense, teve bom desempenho no setor defensivo e assim despertou a atenção do técnico Renato Gaúcho. Fez 65 jogos e anotou dois gols. No Grêmio terá que disputar posição com Bruno Cortez, titular desde a 2017.

Antes do lateral-esquerdo, o Grêmio já havia confirmado as contratações do lateral-direito Victor Ferraz, ex-Santos, do volante Lucas Silva, ex-Cruzeiro, do goleiro Vanderlei, ex-Santos, e do lateral-direito Orejuela, ex-Cruzeiro.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolGrêmioCaio Henrique

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.