Grêmio arranca empate diante do Flu

Nem com os dois gols do atacante Romário, que alcançou a marca de 899 gols em sua carreira, o Fluminense conseguiu derrotar o Grêmio pela Copa do Brasil, no Maracanã. O Tricolor carioca vencia por 2 a 0 e acabou cedendo o empate na segunda etapa. O técnico Ricardo Gomes foi muito vaiado pelos torcedores, principalmente nas substituições. Agora, o Fluminense vai precisar vencer o adversário na partida de volta, no Rio Grande do Sul. Um empate por 0 a 0 ou 1 a 1 dá a vaga aos gaúchos.A escalação do atacante Edmundo no meio-de-campo não teve o efeito desejado pelo técnico Ricardo Gomes e o jogador demonstrava estar completamente perdido na nova função. Com isso, o Fluminense não conseguia articular um ataque sequer. E o Grêmio procurava aproveitar a inoperância do adversário. Em duas finalizações do meia Élton, o time gaúcho quase abriu o placar.Somente aos 17 minutos, o Fluminense deu trabalho para Tavarelli. O meia Ramon cobrou falta e o goleiro defendeu sem dificuldades. Mas aí começou a brilhar a estrela de Romário. Sumido no jogo, em dois lances o craque colocou o Tricolor carioca em vantagem no marcador. Primeiro, aos 22, recebeu passe de Ramon e tocou na saída de Tavarelli. Depois, aos 27, em outro toque de Ramon, chutou duas vezes para vencer o goleiro do Grêmio.No segundo tempo, a equipe gaúcha voltou com três modificações e o técnico Adílson Baptista mudou o esquema para três zagueiros. E as alterações tiveram resultado, com o Grêmio pressionando e buscando descontar o placar. O atacante Cláudio Pitbull entrou disposto a marcar seu gol e infernizava a defesa do Fluminense, que tentava manter a vantagem.Aos 19 minutos, porém, o Grêmio obteve êxito no seu objetivo. Após cobrança de escanteio, o zagueiro Claudiomiro, de cabeça, marcou para os gaúchos. Em seguida, confusão na área do Fluminense e o juiz Luís Marcelo Cansian expulsou o zagueiro Baloy e Ramon. Com menos jogadores em campo, o Grêmio encontrou mais espaços e fez o gol de empate.Cláudio Pitbull lançou Christian. Ele entrou na área, driblou Danrlei e tocou para o fundo da rede.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.