Grêmio arranca três pontos em Caxias

Depois de bater o líder Cruzeiro no domingo, por 2 a 1, o Juventude decepcionou a torcida ao perder para o lanterna Grêmio, pelo mesmo placar, esta noite, no Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul. Dessa forma, a equipe caxiense perdeu uma boa oportunidade de ganhar uma folga na luta contra o rebaixamento. Já o Grêmio, apesar de continuar em último lugar, teve mais uma forte injeção de ânimo, até porque venceu os dois adversários gaúchos na competição neste returno. Sem os atacantes Leonardo Manzi e Gelfer, o Juventude perdeu toda a força ofensiva. O Grêmio começou o jogo muito firme na defesa, mas com pouca força na frente. Aos 16 minutos, valeu o oportunismo do atacante Christian. Ele aproveitou uma falha do lateral Marcão, após um cruzamento de Cláudio Pitbull, e abriu o placar para o Grêmio. No primeiro tempo, o Juventude conseguiu criar apenas uma chance de gol, já aos 45 minutos, quando Taílson cabeceou para fora uma bola cruzada por Mineiro. Na segunda etapa, o Juventude voltou pressionando e em três minutos teve cinco escanteios a favor. Mas foi o Grêmio que ampliou o placar, aos 11 minutos. Cláudio Pitbull, que não marcava há quatro meses, recebeu um passe de Gilberto e desviou de Márcio, fazendo 2 a 0. O Juventude sentiu o golpe e durante cinco minutos se desconcentrou no campo. Começou a reação aos 17, quando Taílson recebeu a bola de Donizete Amorim, entrou na área e chutou na trave esquerda. Na volta, ele tocou de cabeça, fazendo o primeiro gol com a camisa do Juventude. Até o final, a equipe de Caxias pressionou, porém o Grêmio criou boas chances de ampliar, nos contra-ataques.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.