Grêmio busca a vitória contra o Coritiba para voltar ao G-4

Grêmio busca a vitória contra o Coritiba para voltar ao G-4

Torcendo pelo tropeço de adversários, time de Felipão tenta fazer sua parte no Couto Pereira. Paranaenses querem 2ª vitória seguida

ELDER OGLIARI E JULIO CESAR LIMA, O Estado de S. Paulo

25 de outubro de 2014 | 09h33

O Grêmio quer terminar o sábado na zona de classificação para a Copa Libertadores do ano que vem, mas sabe que, para isso, depende de uma grande combinação de resultados. O time tricolor gaúcho, que é o sexto colocado no Campeonato Brasileiro, com 50 pontos, precisa vencer o Coritiba, às 18h30, no estádio Couto Pereira, em Curitiba, pela 31.ª rodada, e torcer para que dois dos três clubes que estão à sua frente tropecem.

O Internacional (quinto, com 50 pontos e uma vitória a mais) pega o Bahia, em Porto Alegre. O Atlético Mineiro (quarto, com 51) encara o Sport, em Belo Horizonte. E o Corinthians (terceiro, com 52) enfrenta o Palmeiras, em São Paulo.

Apesar de fazer boa campanha, o Grêmio sofre com a dificuldade para marcar gols. Seu ataque é o terceiro pior da competição e só balançou as redes adversárias 25 vezes em 30 rodadas. Quem acaba garantindo as magras vitórias é a defesa, a melhor do campeonato, que só foi vazada 17 vezes.

O técnico Luiz Felipe Scolari não conta com o meia Luan, suspenso, e aproveita para esconder a escalação. Três jogadores disputam a vaga. Erik, uma promessa das categorias de base, pode ter a chance de iniciar o jogo para dar velocidade ao time e comprovar se é mesmo bom cobrador de faltas. Outros candidatos à vaga são Alán Ruiz e Fernandinho.

Depois de conseguir sair da zona de rebaixamento na última rodada, após vitória sobre o Botafogo, o Coritiba tenta sua segunda vitória consecutiva na competição e, com isso, se afastar mais da zona de degola. A partida é encarada como uma decisão.

Por isso, o presidente do clube, Vilson Andrade, concedeu entrevista coletiva para apaziguar os ânimos no clube, que vive fase eleitoral e dar mais confiança ao torcedor. "Temos um grupo responsável e que tem feito todo o possível para deixar essa situação", comentou. Em campo, o técnico Marquinhos Santos ainda não deve contar com Hélder o tempo inteiro. O atleta volta de contusão e pode entrar no decorrer da partida.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoGrêmioCoritiba

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.