Divulgação/ Grêmio
Divulgação/ Grêmio

Grêmio cede parte de estádio para o combate ao coronavírus em Gravataí

Sede do time feminino será usada para atender eventuais vítimas da pandemia, principalmente moradores de rua

Redação, Estadao Conteudo

25 de março de 2020 | 22h47

A diretoria do Grêmio anunciou nesta quarta-feira que cedeu parte do Estádio Antônio Vieira Ramos, que é sede do seu time feminino, para o combate ao novo coronavírus na cidade de Gravataí, na região metropolitana de Porto Alegre.

O clube cedeu o local à prefeitura para atender eventuais vítimas da pandemia, principalmente moradores de rua que venham a contrair o novo vírus.

Com a decisão, o Grêmio vai antecipar as férias do time feminino até 20 de abril, aproveitando que os campeonatos estão paralisados. A base e a equipe principal já haviam sido liberados anteriormente, principalmente após quatro casos de covid-19 na diretoria gremista.

Na terça, o Inter cedeu oficialmente o ginásio Gigantinho às autoridades públicas para que a estrutura também seja usada no cuidado das possíveis vítimas do novo coronavírus nas cidades gaúchas. O local será cedido até o dia 30 de junho.

O clube também cederá o Centro de Eventos Arthur Dallegrave para o suporte no combate à pandemia. O clube já havia feito o mesmo no ano passado para receber moradores de rua nos dias mais frios do inverno gaúcho.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.