Lucas Uebel/Divulgação
Lucas Uebel/Divulgação

Grêmio chega a acordo e renova com Renato por mais uma temporada

Para 2018, a ordem é manter o time na briga por grandes títulos, apesar do orçamento reduzido

Estadão Conteúdo

20 de dezembro de 2017 | 20h30

O Grêmio deu a notícia que a torcida tanto esperava no início da noite desta quarta-feira. Em rápido comunicado, o clube informou que chegou a um acordo para a renovação do contrato do técnico Renato Gaúcho, que assinou novo vínculo válido até o fim da próxima temporada.

Primeira reunião entre Grêmio e Renato Gaúcho termina sem acordo por renovação

Renato e Grêmio acertaram as bases do novo contrato em reunião realizada durante a tarde, em Porto Alegre. Esta foi a segunda vez que as partes se encontraram para discutir o assunto, sendo que na noite da última terça-feira, não houve acordo entre direção e treinador.

Desta vez, as conversas evoluíram e o novo documento foi assinado. Nenhuma das partes divulgou os termos financeiros do contrato, mas o certo é que Renato segue como treinador do Grêmio pelo menos até dezembro de 2018.

A renovação com o treinador era vista como alta prioridade pela direção gremista, que entende que um ciclo vitorioso foi iniciado com as conquistas da Copa do Brasil em 2016 e da Copa Libertadores deste ano. Além disso, há a identificação do técnico com a torcida e com o clube, onde foi ídolo também como jogador.

O próprio técnico, apesar de ter recebido propostas de times de São Paulo e do Rio de Janeiro - e também de fora do país para atuar na China e nos Emirados Árabes Unidos -, desejava um desfecho rápido para a questão.

Esta é a terceira passagem de Renato como técnico do Grêmio, e sem dúvidas a mais vitoriosa. Contratado em setembro de 2016, ele levou o clube ao título da Copa do Brasil daquele ano, encerrando um jejum de 15 anos sem títulos nacionais.

Em 2017, o desempenho gremista foi ainda mais positivo. Sob o comando de Renato, o time chegou à terceira conquista de Libertadores de sua história, repetindo os feitos de 1983 e 1995. Nem mesmo a derrota na decisão do Mundial de Clubes para o Real Madrid, no último sábado, tirou o brilho da temporada.

Para 2018, a ordem é manter o time na briga por grandes títulos, apesar do orçamento reduzido. O Grêmio já perdeu para o ano que vem o atacante Lucas Barrios, que não terá o contrato renovado, e pode ficar também sem o lateral Edílson, que negocia com o Cruzeiro.

Tudo o que sabemos sobre:
Renato GaúchoGrêmio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.