Grêmio começa a reduzir salários

O meia Zinho e o lateral Roger serão os primeiros jogadores do Grêmio atingidos pela redução de salários no clube. Zinho ganha R$ 200 mil e Roger R$ 80 mil. Assustados com os custos da folha de pagamento e sem poder contar, no momento, com os repasses da parceira ISL, os dirigentes gremistas já começaram a conversar com os jogadores.Zinho, que veio do Palmeiras, encabeça a lista, seguido de Roger, que no ano passado assinou contrato de quatro anos com o clube e pode sair se aparecer comprador. O zagueiro Marinho, que ganha R$ 60 mil, não quis jogar na Portuguesa e está treinando sozinho. Não joga mais no Grêmio.O vice-presidente de futebol, José Otávio Germano, diz que os salários de outros jogadores são bem mais baixos e se encaixam perfeitamente no orçamento do clube: "Em vez de cortar salários eu desejaria anunciar contratações. Agora, temos que nos adequar à realidade", enfatizou o dirigente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.