Divulgação
Divulgação

Grêmio confirma Arena como sede de jogo com o Caracas, pela Libertadores

Moderno estádio é alvo de polêmicas, mas será usado na partida de terça-feira

AE, Agência Estado

27 de fevereiro de 2013 | 16h44

PORTO ALEGRE - O Grêmio colocou fim ao impasse e oficializou a Arena como sede do confronto diante do Caracas, na próxima terça-feira, pela terceira rodada do Grupo 8 da Libertadores. Em seu site oficial, o clube anunciou o envio de um ofício à Conmebol confirmando seu novo estádio, inaugurado no fim do ano passado, como palco da partida diante dos venezuelanos.

Havia o risco de o duelo acontecer no Estádio Olímpico, já que a prefeitura de Porto Alegre havia negado a liberação à Arena e o Habite-se para o local estava suspenso. A última atualização da prefeitura sobre o caso havia acontecido na segunda-feira, quando o veto ao novo estádio foi confirmado. Mesmo assim, o Grêmio decidiu indicá-lo como sede da partida de terça.

A Arena do Grêmio foi inaugurada em dezembro de 2012, mas ainda é alvo de polêmicas, como as críticas dos jogadores e do técnico Vanderlei Luxemburgo ao estado do gramado. Por conta desse problema, o clube decidiu transferir diversos jogos do Campeonato Gaúcho para o Olímpico. Mas a única partida da Libertadores disputada pela equipe em casa, diante do Huachipato, no último dia 14, aconteceu na Arena.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolLibertadoresGrêmioArena

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.