Lucas Uebel/Grêmio
Lucas Uebel/Grêmio

Grêmio confirma lesão e Alisson só volta após a Copa do Mundo

Meia-atacante se junta a Arthur e Everton, a quem substituiu no duelo de terça; os três só voltam depois do Mundial

Estadão Conteúdo

17 Maio 2018 | 18h54

Dois dias após garantir a classificação na Copa Libertadores, o técnico do Grêmio, Renato Gaúcho, recebeu boas e más notícias nesta quinta-feira. Enquanto contou com os retornos de Léo Moura, Paulo Miranda, Hernane e Jael na atividade desta tarde, o treinador teve confirmada a baixa de Alisson.

Renato exalta a garra do Grêmio e festeja liderança de grupo na Libertadores

O meia-atacante se machucou justamente na vitória sobre o Monagas por 2 a 1, partida que confirmou o time gaúcho nas oitavas de final da Libertadores. Alisson se machucou sozinho, numa arrancada rumo à área do rival venezuelano, e deixou o gramado ainda no primeiro tempo.

Nesta quinta, o departamento médico gremista confirmou lesão no músculo posterior da coxa esquerda. A contusão vai tirar Alisson dos gramados por ao menos um mês. Assim, ele só voltará ao time depois da Copa do Mundo da Rússia, em julho.

Alisson se junta a Arthur e Everton, a quem substituiu no duelo de terça. A lesão de Everton permitiria a Alisson obter uma boa sequência de jogos no time, o que ainda não conseguiu desde que foi contratado. O trio só voltará a jogar depois do Mundial.

As boas notícias para Renato Gaúcho foram as presenças de Léo Moura, Paulo Miranda, Hernane e Jael no treino desta tarde. Eles disputaram normalmente a atividade realizada em campo reduzida com os jogadores que não entraram em campo na Venezuela. O treino reuniu todo o grupo gremista, incluindo aqueles que não viajaram para a partida contra o Monagas.

Renato Gaúcho, assim, iniciou a preparação da equipe para o duelo contra o Paraná, no domingo, em Curitiba, pela sexta rodada do Brasileirão. O time voltará ao treino na tarde desta sexta.

RENOVAÇÃO - Formado na base gremista, o volante Victor Bobsin estendeu seu vínculo com o clube nesta quinta até dezembro de 2021. Uma das apostas do time gaúcho, o jogador de apenas 18 anos vem se destacando nas equipes de base da seleção brasileira. Ele foi campeão Sul-Americano Sub-17 no ano passado e costuma ser titular da seleção sub-20. Bobsin segue o caminho do atacante Tetê, que também renovou o contrato recentemente, até 2021. Ambos são companheiros de time também na equipe sub-20 da seleção.

Mais conteúdo sobre:
Grêmio Alisson

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.