Grêmio consegue empate em Belém: 1 a 1

Mesmo apoiado por sua torcida, que não parou de incentivar o time, o Paysandu desperdiçou a oportunidade de faturar mais três pontos na tabela, empatando com o Grêmio por 1 a 1, nesta quinta-feira. O resultado manteve os gaúchos em posição delicada na tabela. Quanto ao Paysandu, continua frequentando a zona intermediária, onde times do mesmo quilate técnico tentam alcançar melhor posição. Velber marcou para o Paysandu, enquanto Flávio igualou o marcador para os gaúchos. O Grêmio começou marcando a saída de bola do Paysandu. Com isso, conseguiu criar duas oportunidades de gol com Cláudio Pitbul. Aos poucos, os paraenses foram equilibrando o duelo no meio campo, passando a dominar a partida a partir dos 20 minutos. A primeira chance de marcar foi desperdiçada aos aos 23. Balão cruzou e Robson escorou para as redes. O juiz anulou, marcando impedimento. O próprio Balão cabeceou aos 29, mas a bola bateu na trave com Danrlei batido. Aos 33, Jairo chutou e balou raspou a trave. Depois de muita pressão, Velber aos 33 viu que Danrlei estava adiantado e chutou de longe. A bola entrou no canto esquerdo, num belo gol: Paysandu 1 a 0. O Papão teve a chance de ampliar o marcador aos 46: Sandro cabeceou, mas Amaral salvou debaixo da linha de gol. No segundo tempo, logo aos 3 minutos, Flavio decretou o empate, aproveitando uma falha da defesa do Papão. O Paysandu demonstrou total incompetência para desempatar a partida. Velber, Balão e Robson perderam várias chances. O Grêmio pareceu satisfeito com o empate e fechou-se na defesa.

Agencia Estado,

17 de julho de 2003 | 23h11

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.