Grêmio derrota Botafogo e sonha com a Libertadores

Com a vitória por 3 a 0 em casa, time gaúcho garante o quarto lugar no Campeonato Brasileiro

LUCAS AZEVEDO, Agência Estado

05 de dezembro de 2010 | 19h48

Num confronto direto pela quarta colocação do Brasileirão, o Grêmio derrotou o Botafogo por 3 a 0, neste domingo, no Estádio Olímpico, em Porto Alegre, e terminou o campeonato no G-4. Agora, para conseguir a vaga na Libertadores de 2011, o time gaúcho torce para o Goiás não ser o campeão da Copa Sul-Americana - faz a final na quarta-feira contra o Independiente.

Veja também:

BRASILEIRÃO - tabela Classificação listaResultados

link Renato exalta campanha 'extraordinária' do Grêmio

Grêmio e Botafogo entraram na última rodada separados por apenas um ponto. Assim, quem vencesse neste domingo ficaria com a quarta colocação do Brasileirão. Melhor para o time gaúcho, que assegurou a posição com 63 pontos. Já a equipe carioca, estacionada nos 59 pontos, ainda foi ultrapassada pelo Atlético-PR e terminou o campeonato apenas em sexto lugar.

Um lance assustou todos logo no início do jogo. Em disputa de bola, o gremista Rafael Marques e o botafoguense Loco Abreu bateram a cabeça. O atacante uruguaio do Botafogo chegou a perder a consciência e a ambulância foi acionada. Mas ele se recuperou e voltou para a partida. Na sequência, o time carioca perdeu o técnico Joel Santana, expulso por reclamar da arbitragem.

Quando o Botafogo já não contava mais com Joel Santana no banco de reservas, o Grêmio abriu o placar. Aos 20 minutos, o atacante André Lima deixou a bola para Jonas, que bateu no canto esquerdo do goleiro Jefferson, que defendeu o chute. Mas André Lima pegou o rebote e fez 1 a 0. Festa no Estádio Olímpico, que estava lotado para empurrar a vitória do time gaúcho.

Ainda no primeiro tempo, o Grêmio conseguiu ampliar. Aos 38 minutos, Jonas trocou passe com André Lima e chutou no canto esquerdo do goleiro Jefferson, fazendo 2 a 0. Foi o 23º gol dele no campeonato, garantindo a posição de artilheiro do Brasileirão de 2010 - teve seis de vantagem sobre o segundo colocado na disputa, o atacante Neymar, do Santos.

Com a boa vantagem, o Grêmio teve tranquilidade para ampliar logo no começo do segundo tempo. Num contra-ataque aos oito minutos, André Lima recebeu livre e esperou o goleiro Jefferson sair para rolar para Douglas, que, sozinho na área, tocou para o gol. Depois disso, o Botafogo não teve mais forças para reagir, enquanto a torcida gremista tratou de festejar.

GRÊMIO - 3 - Victor; Gabriel, Paulão, Rafael Marques e Fábio Santos; Adilson, Fábio Rochemback (Neuton), Lúcio (Gilson) e Douglas; Jonas e André Lima (Diego). Técnico: Renato Gaúcho.

BOTAFOGO - 0 - Jefferson; Antônio Carlos, Leandro Guerreiro, Danny Morais (Herrera) e Alessandro; Lucas Zen (Edno), Fahel, Somália e Marcelo Cordeiro; Caio (Túlio Souza) e Loco Abreu. Técnico: Joel Santana.

Gols - André Lima, aos 20, e Jonas, aos 38 minutos do primeiro tempo; Douglas, aos 8 minutos do segundo tempo; Árbitro - Sandro Meira Ricci (DF); Cartões amarelos - Fábio Rochemback, Douglas, Jonas, Adilson e Lucas Zen; Renda - R$ 949.795,50; Público - 45.420 pessoas; Local - Estádio Olímpico, em Porto Alegre.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.