Agip
Agip

Grêmio derrota Flamengo e soma quarta vitória seguida

BRASÍLIA - Com gol de falta do lateral Pará, o Grêmio derrotou o Flamengo por 1 a 0, na noite deste sábado, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília. Foi a quarta vitória seguida dos gremistas no Brasileirão, o que os deixou com 28 pontos, ainda em terceiro lugar. Já o time carioca, que voltou a perder após cinco rodadas, segue com 19 pontos.

AE, Agência Estado

24 de agosto de 2013 | 20h29

Precisando da vitória para tenta encostar no pelotão de frente do Brasileirão, o Flamengo se dispôs a pagar a multa contratual para escalar o atacante boliviano Marcelo Moreno, que está emprestado justamente pelo Grêmio - o valor seria de R$ 300 mil. Mesmo porque, já não contava com os titulares Léo Moura e Elias, ambos contundidos.

Do outro lado, o técnico Renato Gaúcho voltou a apostar no esquema com três zagueiros (Werley, Rhodolfo e Bressan) e, como ainda não tem os meias Zé Roberto e Elano, que se recuperam de lesão, escalou três volantes (Ramiro, Riveros e Souza). Assim, o Grêmio ficou com uma defesa fortalecida, para poder apostar nos contra-ataques.

Para ajudar na tática gremista, saiu um gol logo aos sete minutos. Em cobrança de falta de Pará na entrada da área, a bola passou no meio da barreira, que abriu, e enganou o goleiro Felipe. Assim, o Grêmio abriu 1 a 0 e pôde se fechar ainda mais na defesa, tentando explorar os contra-ataques. E o Flamengo não soube sair da marcação. Diante desse cenário, o primeiro tempo não teve grandes emoções além do gol marcado logo no começo por Pará. Houve muito equilíbrio em campo, com o Grêmio protegendo bem a defesa e controlando as ações, enquanto o Flamengo não era capaz de furar o bloqueio do adversário. Faltaram boas chances de gol, para ambos os lados.

Na esperança de mudar esse panorama, o técnico Mano Menezes fez duas alterações no Flamengo durante o intervalo, colocando os garotos Adryan e Nixon nos lugares de Val e Fernandinho. Assim, deixou a equipe mais ofensiva. Mas, apesar de tentar pressionar em busca do empate, não foi capaz de levar muito perigo ao goleiro Dida. Enquanto isso, o Grêmio manteve a aposta no contra-ataque. E ainda levava mais perigo, como aconteceu aos 20 minutos, quando Barcos recebeu cruzamento dentro da área e mandou a bola no travessão. Depois, o argentino teve outra grande oportunidade aos 32, mas o goleiro Felipe fez uma linda defesa e evitou o segundo gol gremista.

Mano Menezes ainda colocou o atacante Hernane no lugar do lateral Digão, mas o Flamengo não teve força ofensiva para furar a marcação gremista. Faltou criatividade na linha de frente flamenguista. Melhor para o Grêmio, que sai de Brasília com a quarta vitória consecutiva no Brasileirão, cada vez mais forte na luta pelo título.

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 0 X 1 GRÊMIO

FLAMENGO - Felipe; Digão (Hernane), Chicão, González e João Paulo; Cáceres, André Santos, Val (Adryan) e Fernandinho (Nixon); Marcelo Moreno e Paulinho. Técnico: Mano Menezes.

GRÊMIO - Dida; Werley, Rhodolfo e Bressan; Pará, Ramiro, Souza (Matheus Biteco), Riveros e Alex Telles; Kleber (Yuri Mamute) e Barcos (Gabriel). Técnico: Renato Gaúcho.

GOL - Pará, aos sete minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO - Paulo Henrique Godoy Bezerra (SC).

CARTÕES AMARELOS - Alex Telles, Kleber, Marcelo Moreno e Hernane.

RENDA - R$ 951.590,00.

PÚBLICO - 20.580 pagantes.

LOCAL - Estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoFlamengoCruzeiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.