Grêmio derrota o Bolivar por 1 a 0

O Grêmio venceu o Bolivar por 1 a 0, nesta quinta-feira, em Porto Alegre, e assegurou a liderança do Grupo 5 da Copa Libertadores da América. O time brasileiro tem sete pontos e garante a classificação para as oitavas-de-final se vencer uma das três partidas do segundo turno. O Peñarol é o segundo colocado, com quatro pontos. Pumas, do México, e Bolivar têm três pontos cada. O Bolivar congestionou a defesa com cinco jogadores e o Grêmio não teve jogadas coletivas para vencer a muralha que protegia a área. Nas três vezes que ameaçou o gol do adversário no primeiro tempo foram em jogadas individuais de Caio, Basílio e Tinga. Apreensiva com os maus resultados recentes no Campeonato Gaúcho, a torcida tricolor já vaiava o volante Gavião e o atacante Basílio quando Caio recebeu um passe de Elton e venceu três zagueiros para fazer 1 a 0, aos 11 minutos. O gol aliviou a cobrança das arquibancadas, mas não fez o Bolivar mudar o esquema. Apesar dos cuidados defensivos, os bolivianos deram um susto aos 26 minutos. Na velocidade, Galindo venceu toda a defesa tricolor, inclusive o goleiro Danrlei, e chutou para o gol vazio. Roger, que vinha na cobertura, chegou a tempo de afastar a bola. O jogo, que já era ruim, piorou no segundo tempo, com muita correria, poucas jogadas de técnica e raros lances dentro da área. Aos 34 minutos, o técnico Tite substituiu um atacante, Basílio, pelo volante Emerson, reforçando a defesa. Assegurou a vitória, mas não aliviou a angústia da torcida, que ainda não viu uma grande exibição do time neste ano. Ficha Técnica: Grêmio: Danrlei; Claudiomiro, Anderson Polga e Roger; Anderson Lima, Amaral, Tinga e Rodrigo Fabri (Amaral); Élton (Tavares), Caio e Basílio (Emerson). Técnico: Tite. Bolivar: Fernandez; Gatty, Sandy, Ferreira, Sanchez e Colque; Pizarro (Paz), Tufiño e Guiberguiz (Gutierrez); Botero e Galindo. Técnico: Vladimir Soria. Gol: Caio aos 11 minutos do primeiro tempo. Árbitro: Héctor Baldassi (Argentina). Cartão amarelo: Caio, Elton, Galindo e Pizarro. Local: Olímpico.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.