Lucas Uebel/Divulgação
Lucas Uebel/Divulgação

Grêmio derrota o Botafogo de virada e assume vice-liderança

Resultado coloca o time carioca na zona de rebaixamento do Brasileirão

Elder Ogliari, Agência Estado

22 de maio de 2014 | 00h12

PORTO ALEGRE - O Grêmio venceu o Botafogo por 2 a 1, de virada, no Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul, nesta quarta-feira. O resultado levou o clube gaúcho do terceiro para o segundo lugar no Campeonato Brasileiro, com 13 pontos, e fez o clube carioca cair do 15.º para o 17.º lugar, na zona de rebaixamento, com quatro pontos.

O jogo foi disputado no estádio do Juventude porque o Grêmio cedeu a Arena como estádio auxiliar da Copa do Mundo. O Botafogo abriu o placar aos cinco minutos. A jogada foi do estreante Carlos Alberto, que evoluiu do meio-campo até a entrada da área do Grêmio com a bola dominada, passando entre quatro adversários, e serviu Zeballos, livre, na esquerda. O paraguaio ajeitou a bola e chutou cruzado, sem chances para o goleiro Marcelo Grohe.

O primeiro tempo seguiu equilibrado, com chances semelhantes para os dois times. Aos 20 minutos, Alan Ruiz cobrou falta com precisão e Renan espalmou para escanteio, com dificuldade. Logo depois, Werley tocou para Alan Ruiz e o argentino chutou para fora. Aos 29, foi a vez de Edilson cobrar falta e forçar Marcelo Grohe a fazer uma defesa espetacular.

Na cobrança do escanteio, Carlos Alberto cabeceou na direção do gol, mas a bola bateu em um zagueiro e saiu para fora. O Grêmio conseguiu seu gol aos 43 minutos. Pará cruzou a bola da direita, Barcos escorou para Rodriguinho bater de esquerda, de fora da área, e empatar o jogo.

O Grêmio se tornou mais insistente no segundo tempo, enquanto o Botafogo se encolheu à espera de espaços para sair para o contra-ataque. O tricolor desperdiçou chances em conclusões de Dudu, Barcos e Rodriguinho para fora e tomou um susto em chute de Gabriel que raspou a trave.

Aos 36 minutos, pouco depois de entrar no jogo, Maxi Rodriguez passou por dois defensores a dribles e, da entrada da área, chutou no canto esquerdo de Renan, marcando o segundo gol do time gaúcho e virando o placar.

FICHA TÉCNICA:

GRÊMIO 2 x 1 BOTAFOGO

GRÊMIO - Marcelo Grohe; Pará, Werley, Bressan e Breno; Ramiro, Riveros (Zé Roberto), Alán Ruiz, Rodriguinho (Maxi Rodríguez) e Dudu (Edinho); Barcos. Técnico: Enderson Moreira.

BOTAFOGO - Renan; Edilson, Bolívar, André Bahia e Junior Cesar; Airton, Bolatti, Gabriel (Sassá) e Carlos Alberto (Gegê); Zeballos (Walyson) e Emerson. Técnico: Vagner Mancini.

GOLS - Zeballos, aos 5, e Rodriguinho, aos 44 minutos do primeiro tempo. Maxi Rodríguez, aos 36 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Gabriel, Carlos Alberto, Emerson; Barcos e Alán Ruiz.

ÁRBITRO - Flávio Rodrigues de Souza.

RENDA - R$ 183.940,00.

PÚBLICO - 7.010 pagantes (8.101 no total).

LOCAL - Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoBotafogoGrêmio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.