Marcelo Sadio/Divulgação
Marcelo Sadio/Divulgação

Grêmio derrota o Vasco e sobe para a terceira colocação

Autor de dois gols, atacante Barcos foi o grande destaque da partida

AE, Agência Estado

17 de agosto de 2013 | 23h05

RIO - O Grêmio não tomou conhecimento da chuva - que caiu muito forte no primeiro tempo - e da torcida contra e conseguiu neste sábado um importante resultado pela 15.ª rodada do Campeonato Brasileiro. No estádio de São Januário, no Rio de Janeiro, derrotou o Vasco por 3 a 2 e subiu para a terceira colocação, agora com 25 pontos - três atrás do líder Cruzeiro.

O grande destaque da partida foi o centroavante argentino Barcos, autor de dois gols - um em cada início de tempo. O jogador gremista foi um dos que atrapalharam a festa promovida pelo Vasco para comemorar o aniversário de 115 anos do clube, que serão completados na próxima quarta-feira. O resultado mantém o time carioca com 19 pontos, agora na 10.ª posição.

O primeiro tempo, além da forte chuva, teve muita emoção. Logo aos cinco minutos, o Grêmio avançou ao ataque com muita rapidez e a bola sobrou no lado esquerdo da área para Barcos, que a dominou e chutou no canto esquerdo de Diogo Silva para abrir o placar.

O Vasco, com Juninho Pernambucano em campo, apostava nas bolas paradas e em uma destas jogadas saiu o gol de empate, aos 24 minutos, O meia cobrou uma falta pelo lado esquerdo para a área e o ala esquerdo gremista Alex Telles, na tentativa de colocar para escanteio, cabeceou a bola contra o próprio gol, surpreendendo o goleiro Dida.

O que o Vasco não esperava era que o Grêmio pudesse continuar sendo atrevido, mesmo jogando como visitante. Aos 36 minutos, em um belo e potente chute de Ramiro da intermediária, o time gaúcho voltou a ficar na frente no placar. E a vantagem foi aumentada logo no início da segunda etapa, aos seis, com outro belo gol em jogada individual de Barcos na entrada da área.

Sem outra alternativa, o técnico Dorival Júnior mandou o Vasco para frente e colocou o meia colombiano Montoya e o atacante equatoriano Tenorio em campo para tentar ao menos o empate. A boa marcação do Grêmio não permitiu um grande volume ofensivo dos cariocas, que só conseguiram diminuir com o centroavante André, de cabeça, aos 40 minutos.

Agora, os times voltam as atenções para a estreia na Copa do Brasil, já na fase de oitavas de final. O Vasco, nesta terça-feira, joga em Manaus contra o surpreendente Nacional. O Grêmio, na quarta, enfrenta o Santos, na Vila Belmiro.

FICHA TÉCNICA

VASCO 2 x 3 GRÊMIO

VASCO - Diogo Silva; Fagner, Cris, Rafael Vaz e Henrique (Marlone); Abuda, Wendel, Juninho Pernambucano e Pedro Ken (Montoya); Eder Luis (Tenorio) e André. Técnico: Dorival Júnior.

GRÊMIO - Dida; Werley, Rhodolfo e Gabriel; Pará, Riveros (Guilherme Biteco), Souza (Matheus Biteco), Ramiro e Alex Telles; Kleber (Saimon) e Barcos. Técnico: Renato Gaúcho.

GOLS - Barcos, aos 5, Alex Telles (contra), aos 24, e Ramiro, aos 36 minutos do primeiro tempo; Barcos, aos 6, e André, aos 40 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Juninho Pernambucano e Tenorio (Vasco); Gabriel e Kleber (Grêmio).

ÁRBITRO - Wilton Pereira Sampaio (Fifa/GO).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio de São Januário, no Rio de Janeiro (RJ).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoVascoGrêmio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.