Neco Varella/EFE
Neco Varella/EFE

Grêmio derrota San Martin e avança na Libertadores

Sem problemas, time faz 2 a 0 no Olímpico e agora encara o Caracas (VEN) pelas quartas de final

ELDER OGLIARI, Agencia Estado

14 de maio de 2009 | 00h16

O Grêmio não teve problemas para derrotar o Universidad San Martin nesta quarta-feira e garantir vaga nas quartas de final da Copa Libertadores. Jogando no Olímpico, em Porto Alegre, o time gaúcho bateu a equipe peruana por 2 a 0 e agora vai enfrentar o Caracas na próxima fase da competição.

 

Veja também:

especialVisite o canal especial da Libertadores

lista Libertadores - Calendário/Resultados

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

Mesmo sem jogar bem, o Grêmio chegou à vitória sem obstáculos, diante de um adversário frágil. O time brasileiro poderia perder por até 2 a 0 já que venceu o primeiro jogo por 3 a 1 na casa dos peruanos.

A vantagem, porém, não impediu que os brasileiros atacassem o adversário e buscassem mais um triunfo. Aos 18 minutos, Fábio Santos levantou a bola na área e Jonas abriu o placar, de cabeça. Aos 31, em outra jogada aérea, Thiego concluiu, mas o zagueiro Ramos estava em cima da linha para afastar a bola.

No segundo tempo, o San Martin chegou a ter a chance de empatar, aos 27 minutos, quando Garcia ficou de frente para o gol e chutou para fora. O time brasileiro, por sua vez, mostrou maior eficiência e aumentou o placar logo em seguida. Aos 30 minutos, Jadilson cruzou da esquerda e Maxi Lopez ajeitou para Herrera, dentro da área, chutar e marcar o segundo gol do Grêmio.

GRÊMIO 2 X 0 SAN MARTÍN

Grêmio - Victor; Thiego (Túlio), Réver e Rafael Marques; Ruy, Adilson, Tcheco, Souza e Fábio Santos (Jadilson); Jonas (Herrera) e Máxi Lopez. Técnico: Marcelo Rospide (interino).

Universidad San Martin - Butrón; Huamán, Ramos, Reyes e Salas; Hinostroza, Ballón, Carrillo e Diaz; Garcia e Arzuaga (Perez). Técnico: Victor Rivera.

Gols - Jonas, aos 18 minutos do 1º tempo. Herrera, aos 30 minutos do 2º tempo.

Cartões Amarelos - Ramos, Hinostroza e Carrillo (San Martin).

Árbitro - Antonio Arias (PAR).

Renda - R$ 466.968,00.

Público - 23.239 torcedores.

Local - Estádio Olímpico, em Porto Alegre (RS).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.