Grêmio derrota Santos por 2 a 0

Deu tudo errado para o Santos na partida deste sábado contra o Grêmio, no Estádio Olímpico. Perdeu por 2 a 0, enquanto via o Cruzeiro se distanciar um pouco mais na tabela com o empate por dois gols contra o Fluminense. Mas o time gaúcho teve méritos, surpreendendo o Santos com um bom sistema tático, disposto a deixar as últimas colocações no Campeonato Brasileiro. ?Foi a vitória da retomada e, com ela, começamos a sair dessa situação difícil que o time passa", disse o atacante Caio. Para os santistas, só restou lamentar. ?O Grêmio entrou a mil por hora e nós a 100", definiu Paulo Almeida. O Santos entrou em campo para explorar o desespero do Grêmio, mas ficou na intenção. Logo aos 3 minutos os planos do técnico Emerson Leão começaram a ruir, quando os gaúchos tocaram livremente a bola perto da área santista e George recebeu pela direita e cruzou, na saída de Fábio Costa. A bola bateu no goleiro e foi desviada para dentro do gol. Os santistas tentaram sair para o ataque e tiveram outra surpresa. O Grêmio, com uma das piores campanhas neste Brasileiro, estava com uma defesa muito bem armada, sem deixar espaço para o adversário. Nestor Simionatto determinou que Marcos Paulo colasse em Diego, anulando o principal armador do Santos. Errando passes e encontrando dificuldades em superar a defesa do Grêmio, os santistas acabaram sofrendo novo gol aos 37 minutos. Caio cabeceou para o miolo da área e encontrou Jorge Mutt livre para, também de cabeça, ampliar a vantagem. No intervalo, o goleiro Fábio Costa foi cáustico ao comentar o primeiro tempo de seu time. ?O Santos não errou, pois não entrou em campo", afirmou. ?Na hora que acordamos, já estava 2 a 0", disse Fabiano. Para acordar seu time, Leão mudou no intervalo. Deslocou Elano para a lateral-direita e colocou o atacante Douglas. A mudança deixou o Santos mais ágil e ofensivo, mas o treinador não estava satisfeito e aos 17 minutos tirou Diego para a entrada de Jerri. A essa altura, o Santos mantinha seu time todo no ataque, na tentativa de reverter o resultado. Sufocando o adversário, Léo foi derrubado aos 18 minutos dentro da área, mas o juiz nada marcou. Aos 22, André Luís aproveitou uma falha no rebote de Baloy e chutou forte, obrigando Danrlei a fazer sua primeira defesa no jogo. Mesmo jogando praticamente no campo do Grêmio, nada dava certo para o Santos e os gaúchos ainda perderam três grandes oportunidades de gol em rápidos contra-ataques. Aos 29, Marcos Paulo chutou cruzado e a bola saiu rente à trave esquerda de Fábio Costa. Aos 35, Tinga ficou livre na frente do goleiro santista, que acabou desviando com o pé esquerdo o forte chute do gaúcho. Três minutos depois, foi a vez de Douglas chutar bem, mas a bola bateu na trave e não entrou. Só aos 40 minutos o Santos levou perigo: Alex cabeceou bem, obrigando Danrlei a fazer outra boa defesa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.