Grêmio desanimado se despede

O Grêmio é um time completamente desanimado para o jogo deste domingo, contra o Guarani, quando se despede do grupo de elite do campeonato brasileiro. Durante a semana, os jogadores trabalharam esquecidos pela torcida e admitiram que gostariam de nem viajar a Campinas. Os gremistas preferiram acompanhar a disputa eleitoral do clube, que terminou com a eleição de Paulo Odone Ribeiro para a presidência e para a missão de resgatar o time da segunda divisão.O técnico Cláudio Duarte vai escalar o que sobrou de um grupo que já começou a se desfazer - o meia Arílson não apareceu no Olímpico na sexta-feira - e depois também deve se afastar do clube. Com 39 pontos, o Grêmio é o lanterna do campeonato brasileiro e não sai da posição nem se golear o Guarani, que tem 46 pontos e também está rebaixado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.