José Patrício/AE - 25/08/2012
José Patrício/AE - 25/08/2012

Grêmio desiste de Ganso, que deseja jogar no São Paulo

Jogador do Santos ressalta vontade de jogar no time do Morumbi e faz equipe gaúcha retirar proposta

AE, Agência Estado

18 de setembro de 2012 | 17h21

Só restam duas alternativas ao Santos com relação ao futuro de Paulo Henrique Ganso: ficar com o jogador insatisfeito ou aceitar negociá-lo com o São Paulo. Isso porque o Grêmio, que aparecia como outro interessado, anunciou nesta terça-feira que desiste de contar com o meia santista em seu elenco.

A desistência se deu por dois motivos. O primeiro porque o Grêmio não dispõe de dinheiro em caixa para efetuar a transferência e teria de recorrer a parceiros. Além disso, o jogador expressou ao dirigentes do clube gaúcho que não deseja jogar no Olímpico, mas sim reforçar o São Paulo, de Ney Franco.

O técnico do Grêmio, Vanderlei Luxemburgo, ligou nesta segunda-feira à noite para Ganso e ouviu do próprio jogador que ele prefere jogar no São Paulo. O meia será pai em breve e não deseja mudar-se para o Rio Grande do Sul por enquanto.

O Santos, porém, já recusou três propostas do São Paulo, a última delas feita nesta segunda-feira também, que teria chegado aos R$ 23,8 milhões pedidos pelo clube santista pelos 45% dos direitos econômicos de Ganso, dos quais é proprietário. A alegação do presidente Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro foi de que "o conjunto das frases" da proposta não o agradou.

O São Paulo deve voltar à tona nesta terça-feira, com uma última oferta. Se o Santos recusar e não conseguir vender Ganso até sexta-feira, quando fecha o período de inscrição no Brasileiro, novas negociações só deverão ocorrer em janeiro, quando a multa contratual cairá para cerca de R$ 17 milhões. Enquanto isso, ficaria com Ganso insatisfeito no grupo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.