Fábio Berriel
Fábio Berriel

Grêmio desmonta suposta festa para apresentar Ronaldinho Gaúcho

Caixas de som chegaram a ser colocadas no Estádio Olímpico, mas depois foram retiradas

estadão.com.br,

07 de janeiro de 2011 | 15h52

SÃO PAULO - O Grêmio surpreendeu a todos ao supostamente armar uma festa no Estádio Olímpico nesta sexta-feira. Caixas de som foram colocadas no gramado e cresceu a expectativa da torcida para uma possível apresentação de Ronaldinho Gaúcho. Mas, irritado ao ver a repercussão do caso na imprensa, o presidente Paulo Odone ordenou que tudo fosse desmontado.

Veja também:

linkSeleção, a motvação de Ronaldinho

linkTime inglês mantém esperança

linkGrêmio mantém otimismo na contratação

linkRonaldinho diz que não há nada definido sobre futuro

forum ENQUETE - Ronaldinho deve acertar com qual clube?

blog TRÁGICO E CÔMICO - Ronaldinho leiloado no Mercado Livre

blog DIRETO DA FONTE - Ronaldinho quer morar no Rio

Com isso, a novela Ronaldinho continua. Na quinta, em entrevista coletiva ao lado do empresário e irmão Assis e do Diretor de Futebol do Milan, Adriano Galliani, o craque afirmou que está disposto a retornar ao Brasil e confirmou que foi liberado pela equipe italiana para negociar com outros clubes.

Além do Grêmio, Palmeiras e Flamengo estão interessados na contratação do meia, e o Corinthians corre por fora. O Milan pede 8 milhões de euros (cerca de R$ 17 milhões) para liberar o atleta.

A disputa entre os clubes brasileiros também envolve o salário de Ronaldinho. Todos teriam feito ofertas acima de R$ 1 milhão por mês.

Nos próximos dias, Assis deve se reunir com dirigentes de vários times. Segundo ele, a decisão final sobre o futuro do jogador sairá entre terça e quarta-feira da próxima semana.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.