Lucas Uebel/Divulgação
Lucas Uebel/Divulgação

Grêmio e Fluminense empatam e vão decidir a vaga na última rodada

Nesta quarta-feira, na Arena Grêmio, em Porto Alegre, as duas equipes empataram sem gols

AE, Agência Estado

11 de abril de 2013 | 00h44

PORTO ALEGRE - O resultado não foi o melhor para ambos, mas Grêmio e Fluminense seguem vivos na luta pela classificação às oitavas de final da Copa Libertadores. Nesta quarta-feira, na Arena Grêmio, em Porto Alegre, as duas equipes empataram sem gols e agora só dependem de si na última rodada, na próxima semana, para avançarem no Grupo 8 da competição continental.

Apesar de perder pontos em casa, o Grêmio precisa apenas de um empate diante do Huachipato, no Chile, para obter a classificação. Os gaúchos dividem a vice-liderança da chave com os chilenos, com 7 pontos, mas têm saldo superior (4 a 2). O Fluminense, em primeiro com 8 pontos, precisa igualmente só empatar com o Caracas (que tem 6), no estádio de São Januário, no Rio de Janeiro, para seguir adiante.

Em campo, o Fluminense exerceu uma forte marcação para neutralizar o setor ofensivo do Grêmio. O primeiro tempo foi extremamente truncado e o time gaúcho só chegou com perigo duas vezes, aos 25 minutos. Fernando cobrou falta, Werley desviou de cabeça e o goleiro Diego Cavalieri tirou de soco. Na sobra, o argentino Barcos chutou cruzado e o arqueiro tricolor defendeu novamente.

O Fluminense começou a controlar as ações do jogo a partir dos 30 minutos. Aos 35, em falta levantada para a área, o zagueiro Gum cabeceou, o goleiro Dida deu rebote e o lateral-esquerdo Carlinhos perdeu na pequena área. Por fim, aos 44, o Grêmio ficou com um jogador a menos. O zagueiro Cris perdeu a cabeça e acertou Rafael Sobis por trás na linha lateral, levando cartão vermelho direto do árbitro mineiro Ricardo Marques Ribeiro.

Para o segundo tempo, o time gaúcho voltou com Kleber no lugar do chileno Vargas, que estava apagado em campo. Mas o Fluminense esteve melhor e perdeu gols. No que a bola entrou, a arbitragem errou. Aos 19 minutos, o atacante Rhayner se antecipou a Dida em um cruzamento e fez o gol, mas o auxiliar marcou impedimento equivocadamente.

Até o final, o Grêmio mostrou raça para tentar a vitória, mas foi o Fluminense que teve mais oportunidades de sair de campo com os três pontos e classificação. Só não conseguiu porque Dida fez grandes defesas, especialmente em um chute no cantinho de Rhayner, aos 30 minutos.

GRÊMIO 0 x 0 FLUMINENSE

GRÊMIO - Dida; Pará, Cris, Werley e André Santos; Fernando, Souza, Marco Antônio (Bressan) e Zé Roberto; Vargas (Kleber) e Barcos (Adriano). Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

FLUMINENSE - Diego Cavalieri; Bruno, Gum, Leandro Euzébio e Carlinhos; Edinho, Jean e Wagner; Rhayner (Monzón), Michael (Samuel) e Rafael Sobis (Felipe). Técnico: Abel Braga.

CARTÕES AMARELOS - André Santos e Zé Roberto (Grêmio); Bruno e Rhayner (Fluminense).

CARTÃO VERMELHO - Cris (Grêmio)

ÁRBITRO - Ricardo Marques Ribeiro (Fifa/MG).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Arena Grêmio, em Porto Alegre (RS).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.