Grêmio e Inter lutam para deixar lanterna

Os maiores vencedores do campeonato gaúcho, Grêmio e Internacional, podem ficar distantes da briga pelas vagas à segunda fase da competição se não vencerem seus jogos desta sexta-feira, pela quarta rodada da competição estadual. Os dois clubes estão na lanterna de suas chaves, uma situação inédita no Rio Grande do Sul. O Internacional tenta sair de sua incômoda posição de último colocado da Chave 1, com apenas dois pontos, jogando contra o Novo Hamburgo, no Beira-Rio. Os desfalques do time de Muricy Ramalho são o zagueiro Edinho e o ala-esquerdo Alex, contundidos. Em compensação voltam ao time o volante Tinga, que cumpriu suspensão, e o atacante Rafael Sobis, que estava na seleção sub-20. Pelo mesmo grupo, em Pelotas, jogam Farroupilha X Veranópolis. O problema do Grêmio é maior que o de seu rival porque o time, que tem apenas dois pontos na chave 2, vai enfrentar o São Gabriel na casa do adversário. Apesar das dificuldades, o técnico Hugo De León vai poupar o volante Marcus Vinícius para a partida de quarta-feira, contra o Bahia, pela Copa do Brasil. O atacante Somália está suspenso. Os prováveis substitutos são Nunes e Samuel. Nas outras partidas desta sexta-feira, pela Chave 3, o Juventude encara o Passo Fundo em Caxias do Sul e a Ulbra enfrenta o Esportivo em Canoas. A quarta rodada será completada na quarta-feira com os jogos Glória x Santa Cruz, pela Chave 1; Guarani de Venâncio Aires x Brasil e São José de Cachoeira do Sul x Caxias, pela Chave 2; e 15 de Novembro x São José de Porto Alegre, pela Chave 3. Antes disso, no domingo, e segunda-feira, todos os clubes disputam a quinta rodada do campeonato gaúcho.

Agencia Estado,

10 de fevereiro de 2005 | 17h22

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.