Matilde Campodonico/AP
Matilde Campodonico/AP

Grêmio empata com o Liverpool uruguaio na Copa Libertadores

Equipe brasileira agora precisa de uma vitória simples para se classifica à fase de grupos

LEANDRO SILVEIRA, Agência Estado

27 de janeiro de 2011 | 00h07

SÃO PAULO - O Grêmio vai decidir uma vaga na fase de grupos da Libertadores em boa condição. Nesta quarta-feira, a equipe gaúcha empatou por 2 a 2 com o Liverpool, do Uruguai, em Montevidéu, no Estádio Centenário, no jogo de ida da fase preliminar da competição continental, com todos os gols da partida saindo no começo do primeiro tempo. O time que avançar no confronto entrará no Grupo 2 e vai enfrentar Junior Barranquilla (Colômbia), Oriente Petrolero (Bolívia) e León de Huanuco (Peru).

No jogo de volta, que será disputado no dia 2 de fevereiro em Porto Alegre, no Estádio Olímpico, o Grêmio precisará de uma vitória simples ou um empate por 0 a 0 ou 1 a 1 para entrar na fase de grupos da Libertadores. Novo 2 a 2 leva a definição para os pênaltis. Qualquer outro empate classifica o Liverpool, que também avança com vitória.

Com a intenção de buscar uma vitória no Uruguai, o técnico Renato Gaúcho escalou o Grêmio com dois atacantes - Júnior Viçosa e André Lima - e teve mais iniciativa durante quase todo o jogo, que teve um início eletrizante. Aos seis minutos, após cobrança de escanteio, André Lima cabeceou na pequena área, a bola bateu no travessão e no goleiro Matías Castro e entrou.

A reação do Liverpool foi imediata e o gol de empate saiu aos nove minutos, em falha de Victor. Franco cobrou falta e encobriu o goleiro gremista, que estava adiantado. O Grêmio, porém, não se abateu e voltou a marcar aos 13 minutos. Douglas cobrou falta, André Lima tentou tocar na bola, não conseguiu, mas enganou o goleiro Castro, que falhou e permitiu que a bola entrasse.

Novamente, porém, o Liverpool não demorou a igualar o placar. Aos 25 minutos, após cobrança de escanteio, Guevara cabeceou para as redes. Apesar de atuar fora de casa, o Grêmio seguiu adotando postura ofensiva e poderia ter ido ao intervalo em vantagem. Aos 45 minutos, após cobrança de falta, Júnior Viçosa cabeceou. O goleiro Castro, que havia falhado nos gols da equipe gaúcha, fez boa defesa.

Mais ofensivo, o Grêmio desperdiçou nova chance de gol no começo do segundo tempo. Aos três minutos, Lúcio recebeu passe de Douglas na grande área e chutou forte, acertando a trave do Liverpool. O time uruguaio, inferior tecnicamente, ameaçava em jogadas de velocidade. Aos 12 minutos, Maureen Franco finalizou da entrada na área, no canto esquerdo do gol. Victor fez boa defesa e colocou a bola para escanteio.

Depois do começo movimentado, as duas equipes diminuíram o ritmo no segundo tempo. O Grêmio tinha mais controle da posse de bola, mas trocava muitos passes no meio-de-campo e não conseguia chegar com perigo. Já o Liverpool apostava em jogadas de velocidade, mas não ameaçou o goleiro Victor. Assim, a partida terminou mesmo empatada em 2 a 2. 

LIVERPOOL - 2 - Matías Castro; Jonathan Souza Motta, Juan Álvez, Hugo Souza e Maximiliano Monteiro; Mauricio Felipe, Carlos Macchi, Hernán Figueredo (Cristian Silvera) e Maureen Franco (Elias Figueroa); Emiliano Alfaro e Nicolás Guevara (Jonathan Blanes). Técnico: Eduardo Favaro.

GRÊMIO - 2 - Victor; Gabriel, Paulão, Rafael Marques e Gilson (Diego Clementino); Gabriel, Vilson, Fabio Rochemback, Lúcio e Douglas; Júnior Viçosa (Vinicius Pacheco) e André Lima (Lins). Técnico: Renato Gaúcho.

Gols - Jonas, aos 6, Maureen Franco, aos 9, Dougas, aos 13, e Nícolas Guevara, aos 25 minutos do primeiro tempo. Cartões amarelos - Jonathan Souza Motta, Carlos Macchi, Jonathan Blanes e Emiliano Alfaro (Liverpool); Paulão, André Lima e Gilson (Grêmio). Árbitro - Carlos Torres (PAR). Renda e público - Não disponíveis. Local - Estádio Centenário, em Montevidéu (Uruguai).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.