Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Lucas Uebel / Grêmio FBPA
Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Grêmio empata sem gols com Fortaleza, segue em quinto e ainda sonha com o título

Equipe gaúcha chega a 14 jogos de invencibilidade no Brasileirão; equipe cearense tem 32 pontos, quatro acima do Z-4

Redação, Estadão Conteúdo

09 de janeiro de 2021 | 23h48

Para o Grêmio, que ainda luta pelo título do Campeonato Brasileiro, o empate sem gols com o Fortaleza, neste sábado, na Arena Castelão, em Fortaleza, não foi um bom resultado pela 29.ª rodada. De qualquer forma, o time gaúcho agora está 14 jogos invicto na competição, enquanto que o cearense completou sete partidas sem vencer, mesmo agora sob o comando do técnico Enderson Moreira.

Na corrida pelas primeiras posições, o time tricolor gaúcho aparece com 49 pontos, em quinto lugar. Não vai perder esta posição na rodada, porém pode ver alguns concorrentes se distanciarem um pouco como Flamengo, Atlético-MG, Internacional e o líder São Paulo.

O Fortaleza segue na sua luta para se manter na Série B. Com 32 pontos ocupa a 15.ª posição, porém com um jogo a mais do que seus concorrentes contra a degola.

O Grêmio, em alta, mais uma vez entrou em campo com uma formação diferente, embora só vá participar das finais da Copa do Brasil no início de fevereiro. Mas o técnico Renato Gaúcho garantiu a disposição para vencer e ainda buscar o título. Tanto que aos oito minutos, após rebote do goleiro Felipe Alves, a bola sobrou para a virada de Churín, que acabou bloqueado por Wanderson.

O Fortaleza entrou em campo sob nova direção com Enderson Moreira no lugar de Marcelo Chamusca. A sua ideia de jogo, além de compactar mais o time na marcação, era explorar a velocidade de Romarinho e Osvaldo. Mas pecou muito nos passes, dificultando as chegadas ao ataque.

Aos 12 minutos, Romarinho, pelo lado esquerdo, criou a primeira boa chance chutando à maia altura. O goleiro Paulo Victor rebateu e Gabriel Dias isolou por cima. Em um jogo aberto, um fato curioso. Renato Gaúcho recebeu o cartão amarelo quando segurou o lateral-esquerdo Carlinhos, que estava caindo. Ao mesmo tempo, porém, o técnico segurou a volta a campo do cearense. Até Renato riu do lance.

As emoções maiores ficaram para o final do primeiro tempo. Aos 44 minutos, a bola sobrou para o chute à queima roupa de Osvaldo e que Paulo Victor rebateu. Na sequência, a bola caiu nos pés de Churín, ainda no campo defensivo e com um lançamento ligou Pepê em velocidade. O atacante invadiu a área e deu um leve toque por cobertura sobre o goleiro Felipe Alves. Um golaço, mas anulado pelo VAR após a demora de cinco minutos.

Os dois técnicos não mudaram no intervalo e demoraram para iniciar o processo de trocas, ambos por falta de peças. O Fortaleza por ter muitos jogadores de quarentena devido à covid-19 e o Grêmio por manter o processo de revezamento dentro do elenco.

O time da casa, apesar da disposição, não ameaçou mais no ataque. O visitante também foi mais tímido, pouco se arriscando. Aos 25 minutos, após receber passe diagonal, Thaciano chutou de virada e Felipe Alves defendeu apenas com a mão direita, dando um murro na bola e evitando o gol gremista.

O Grêmio só voltou a ameaçar aos 41 minutos, em um chute forte de Ferreira, de novo, defendido por Felipe Alves. O goleiro deu tranquilidade ao Fortaleza, já cansado e sem forças para tentar algo efetivo no ataque.

O Fortaleza volta a campo no próximo domingo, dia 17, diante do Internacional, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, às 20h30, pela 30.ª rodada. O Grêmio vai jogar antes, no dia 15, sexta-feira, às 21h30, diante do Palmeiras, no estádio Allianz Parque, em São Paulo.


FICHA TÉCNICA

FORTALEZA 0 x 0 GRÊMIO

FORTALEZA - Felipe Alves; Gabriel Dias, Paulão, Wanderson e Carlinhos; Ronald (Derley), Felipe e João Paulo (Yuri César); Romarinho, Wellington Paulista (Igor Torres) e Osvaldo (Bruno Melo). Técnico: Enderson Moreira.

GRÊMIO - Paulo Victor; Victor Ferraz, Rodrigues, Paulo Miranda e Bruno Cortez; Lucas Silva (Darlan), Matheus Henrique e Pinares (Thaciano); Pepê, Diego Churín (Ferreira) e Alisson. Técnico: Renato Gaúcho.

CARTÕES AMARELOS - Felipe, Wellington Paulista, Derley e João Paulo (Fortaleza); Lucas Silva e Paulo Miranda (Grêmio).

ÁRBITRO - Jefferson Ferreira de Moraes (GO).

RENDA E PÚBLICO - Jogo com portões fechados.

LOCAL - Arena Castelão, em Fortaleza (CE).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.