Grêmio evitou fazer faltas contra o São Paulo

O Grêmio não fez nenhuma falta no primeiro tempo contra o São Paulo. No segundo, foram duas. Para o zagueiro Léo, a marca demonstra a disciplina tática da equipe. Ciente de que o São Paulo tem bons cobradores, a equipe evitou municiar o adversário, como já havia ocorrido na partida contra o Santo André.

AE, Agencia Estado

31 de julho de 2009 | 21h31

"A gente sabe que é ruim fazer faltas perto da área contra equipes que têm bons cobradores, como o Santo André e o São Paulo. É bom evitar", explicou Léo, em entrevista concedida à Rádio Gaúcha.

Embora tenha cometido poucas faltas, o zagueiro opinou que o sistema defensivo do Grêmio foi eficiente, mesmo com a derrota por 2 a 1. "A equipe do São Paulo criou poucas oportunidades, não teve aquele volume de jogo. A equipe vem marcando bem e fazendo poucas faltas nos últimos jogos", completou o zagueiro.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoGrêmioLéofaltas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.