Grêmio ganha do Olimpia no Paraguai

O Grêmio está próximo das quartas-de-final da Copa Libertadores da América. Nesta terça-feira, a equipe gaúcha venceu o Olimpia por 3 a 2, em Assunção, e precisa apenas de um empate no jogo de volta, dia 8 de maio, em Porto Alegre.A partida começou com o Olimpia recuado. A idéia do técnico Solalinde era jogar no contra-ataque, mas foi obrigado a mudar de estratégia diante da forte marcação imposta pelo Grêmio, que concentrou três volantes de características defensivas no meio-de-campo.Com liberdade para atacar pelas laterais, especialmente pela esquerda, o time brasileiro criou a primeira chance aos três minutos. Mas Luís Mário foi preciosista e chutou mal na frente de Tavarelli. A pressão era intensa e 16 minutos depois o Grêmio abriu o placar com Claudiomiro de cabeça, após receber passe preciso de Gilberto.O gol mudou o panorama do jogo. Precisando reverter o quadro, o time da casa se lançou à frente, mas errava passes em demasia. Temendo o empate, o técnico gremista Tite adiantou a marcação. Em vão. Erros grotescos de sua defesa estragaram seu planejamento. Aos 26 minutos, o atacante López subiu mais que Ânderson Polga e deixou tudo igual: 1 a 1. Oito minutos depois, Caballero virou o jogo após erro de Amaral na saída de bola.Na etapa final, o Grêmio passou a arriscar de fora da área. Gilberto, que quase havia marcado aos sete minutos - Tavarelli defendeu -, empatou aos 18, encobrindo o goleiro paraguaio. Um minuto depois, Luís Mário recebeu de Gilberto e chutou cruzado para definir o placar: 3 a 2.Ficha técnica:Olimpia: Ricardo Tavarelli; Néstor Isasi, Julio César Cáceres, Pedro Benítez e Márcio Costa (Gastón Córdoba); Francisco Esteche, Víctor Quintana (Juan Carlos Benítez), Julio César Enciso e Guido Alvarenga; Mauro Caballero (Richart Báez) e Hernán Rodrigo López. Técnico: Alicio Solalinde.Grêmio: Danrlei; Anderson Polga, Claudiomiro e Roger; Anderson Lima, Emerson, Amaral, Rodrigo Fabri (Elton) e Gilberto; Luís Mario (Basílio) e Cristian (Gavião). Técnico: Tite.Gols: Claudiomiro, aos 19, Hernán López, aos 26, e Caballero, aos 34 minutos do primeiro tempo; Gilberto, aos18, e Luís Mário, aos 19 do segundo.Árbitro: Oscar Ruiz (Colômbia).Cartão amarelo: Cáceres, Esteche, Benítez, Roger e Luís Mário.Local: Estádio Defensores Del Chaco, em Assunção (Paraguai).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.