Grêmio garante vitória na Justiça pelo meia Renato

Clube gaúcho não podia contar com o jogador devido a um problema com a Ponte Preta e o futebol árabe

Agencia Estado

19 de agosto de 2009 | 19h53

O Grêmio anunciou na noite desta quarta-feira que conseguiu uma vitória na Justiça de Trabalho de Campinas para contar com o meia Renato, que tinha sido impedido de atuar pelo time gaúcho. O jogador foi obrigado a reintegrar o seu ex-clube, a Ponte Preta, mas agora deve ser regularizado nos próximos dias como atleta do Grêmio na CBF. Na decisão da Justiça, porém, ainda cabe recurso.

 

Veja também:

especialMASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especialVisite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela | tabela Classificação

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

O imbróglio se deu por causa do clube árabe Al-Ittihad, que comprou os direitos federativos de Renato junto à Ponte Preta. No entanto, existia uma cláusula no acordo firmado entre os dois times de que, se a equipe da Arábia Saudita não pagasse uma das parcelas pelo jogador, o que acabou acontecendo, ele teria de reintegrar a Ponte.

Renato chegou a aparecer no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF como jogador do Grêmio, mas hoje consta com atleta da Ponte Preta na Série B do Campeonato Brasileiro. Com a decisão da Justiça nesta quarta, o meia deve novamente aparecer no registro da Confederação como jogador gremista.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.