Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE
Lucas uebel/Grêmio FBPA
Lucas uebel/Grêmio FBPA

Grêmio goleia Juventude e quebra sequência de empates no Gaúcho

Tricolor alcança a vice-liderança do torneio com vitória por 4 a 0

Estadão Conteúdo

25 de março de 2017 | 21h10

Após quatro empates consecutivos pelo Campeonato Gaúcho, uma goleada por 4 a 0. Foi assim, com classe e bom futebol, que o Grêmio superou neste sábado a turbulência, ao vencer facilmente o Juventude na Arena Grêmio, em Porto Alegre, pela décima rodada do Estadual, com gols de Luan, Leonardo Moura, Michel e Miller Bolaños.

O excelente resultado deste sábado deixou o Grêmio na vice-liderança do Estadual com 17 pontos, dois a menos do que o líder Novo Hamburgo, que neste domingo enfrenta o Brasil de Pelotas, fora de casa. Além disso, a goleada praticamente garante o time de Renato Gaúcho nas quartas de final. O Juventude, por sua vez, está em sétimo com 11 pontos.

As duas equipes voltam a campo na próxima quarta-feira. O Grêmio enfrenta o São Paulo, fora de casa, enquanto o Juventude recebe o São José no Alfredo Jaconi.

Melhor desde o início, o Grêmio precisou apenas de 11 minutos para marcar o primeiro. E foi um belo gol. Após rápido contra-ataque, Pedro Rocha fez grande tabela com Ramiro, levou a marcação e tocou para Bolaños, sozinho dentro da área, completar para o gol. O equatoriano, convocado por sua seleção, só jogou neste sábado porque antecipou seu retorno devido a uma suspensão.

O Juventude ainda buscava se reorganizar quando, apenas cinco minutos depois, em novo contra-ataque, Michel tabelou com Luan e invadiu a área. O volante até foi travado no momento do chute, mas a bola subiu e enganou o goleiro Douglas Silva.

Estava tranquilo. O Juventude até ameaçou uma reação nos minutos seguintes. Contudo, aos 27, após cobrança ensaiada de falta, Edílson chutou e Douglas Silva espalmou para o meio da área. Com tranquilidade, sem marcação, Léo Silva aproveitou o rebote e praticamente definiu o confronto.

Mesmo em vantagem, o Grêmio manteve a supremacia. A equipe desperdiçou inúmeras oportunidades até que, aos 19 da etapa final, em lance similar ao do terceiro gol, Kannemann sofreu pênalti após brigar pelo rebote da falta batida por Edílson. Na cobrança, com tranquilidade, Luan sacramentou a importante goleada.

O Grêmio ainda seguiu melhor e desperdiçou inúmeras oportunidades de fazer o quinto. Mas já estava de bom tamanho. Após quatro jogos sem vencer no Gaúcho, a equipe obteve um grande resultado.

Notícias relacionadas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.