Lucas Uebel/ Grêmio
Lucas Uebel/ Grêmio

Grêmio libera base, mas confirma treino do time principal nesta terça

Na contramão dos grandes clubes do Brasil, equipe vai se reapresentar para seguir com as atividades em campo e na academia

Redação, Estadao Conteudo

16 de março de 2020 | 21h28

Na contramão dos grandes clubes do Brasil, o Grêmio decidiu manter normalmente os treinos do time principal, apesar da pandemia do novo coronavírus. O grupo vai se reapresentar nesta terça-feira para seguir com as atividades em campo e na academia. Já as equipes da base foram liberadas, assim como funcionários em faixas de risco.

"Até que haja uma definição clara do calendário nacional e sul-americano, atividades do Departamento de Futebol Profissional Masculino e Feminino serão mantidas, mediante adoção de protocolos específicos de preservação da saúde e integridade de atletas, membros da Comissão Técnica e demais profissionais vinculados ao Centro de Treinamento Presidente Luiz Carvalho e Estádio Antônio Vieira Ramos (Vieirão)", anunciou o clube, em comunicado.

A manutenção dos treinos contrasta com a decisão de outros grandes clubes do País. Em São Paulo, Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo liberaram seus jogadores. Alguns só vão aparecer no CT nesta terça-feira para receberem orientações sobre o que fazer e o que não fazer durante a suspensão das atividades.

Ainda nesta segunda, Federação Gaúcha de Futebol (FGF) anunciou a suspensão do Campeonato Gaúcho e "qualquer outra atividade do futebol do Estado do Rio Grande do Sul" por 15 dias. Jogos da Copa Libertadores, competição que conta com a participação do Grêmio, também foram adiados.

"O futebol profissional se apresenta amanhã (terça) mediante protocolos de toda preservação de segurança e daquilo que significa a boa sanidade do ambiente, questão de uso comum e compartilhamento de espaços, do vestiário, alimentação e quartos. O Grêmio vai manter sua rotina de treinos, observada a circunstância do momento, porque não temos a definição de quando voltarão os campeonatos, principalmente o sul-americano. Temos de estar preparados a qualquer momento. Se vier outra situação, vamos examinar", declarou o presidente do Grêmio, Romildo Bolzan, em entrevista à rádio Gaúcha.

Quanto à base, o clube suspendeu até 31 de março todas as "atividades desportivas das categorias de formação, Escola do Grêmio e departamento de base". E dispensou até a mesma data todos os funcionários em faixas de risco: idade acima de 65 anos, gravidez e portadores de doenças crônicas. "Lojas GrêmioMania Arena e Centro, além do Quadro Social permanecerão com suas atividades normais", registrou o clube, no comunicado.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolGrêmio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.