Grêmio libera Jadílson, Joílson e Makelele

O Grêmio decidiu nesta terça-feira que não conta mais com três jogadores para o restante da temporada. Os laterais Jadílson e Joílson, assim como o volante Makelele, não estão nos planos do técnico Paulo Autuori e foram liberados para negociar com novas equipes. Assim, além de se desfazer de jogadores que não vinham atuando, o clube gaúcho reduz significativamente a sua folha salarial.

AE, Agencia Estado

22 de setembro de 2009 | 19h04

Apesar da liberação, os três atletas seguirão treinando no Olímpico até encontrarem um novo destino. Com a medida, o Grêmio espera reduzir o valor das rescisões de contrato, já que os jogadores terão a facilidade de poder negociar com outros clubes. Jadílson e Joílson, porém, não podem reforçar um time da Série A porque já atuaram em mais de seis jogos no Campeonato Brasileiro.

A situação mais favorável é a de Makelele, que fez apenas cinco jogos pelo Grêmio e não deve demorar a reforçar outra equipe do Brasileirão. Enquanto o volante ainda pertence ao Palmeiras e depende da aprovação do time paulista em uma possível transferência, Jadílson e Joílson têm liberdade para acertar com qualquer clube de sua preferência assim que rescindirem contrato.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.