Divulgação
Divulgação

Grêmio não consegue liberar Arena para a Libertadores

Sem aval da prefeitura de Porto Alegre, equipe gaúcha pode ter que jogar contra o Caracas, pela Libertadores, no Olímpico

AE, Agência Estado

25 de fevereiro de 2013 | 19h53

PORTO ALEGRE - O Grêmio não conseguiu, por enquanto, autorização da prefeitura de Porto Alegre para voltar a atualizar a Arena Grêmio. Nesta segunda-feira, a Secretaria Municipal de Urbanismo decidiu não conceder o Habite-se ao novo estádio gremista. O local havia sido vistoriado na última quinta-feira.

De acordo com comunicado da prefeitura, o relatório elaborado pelos vistoriadores da secretaria identificou alguns ajustes a serem feitos na Arena. "Assim que os ajustes forem realizados, a prefeitura fará nova vistoria", garantiu o secretário Cristiano Tatsch.

O clube gaúcho tinha até sábado para comunicar à Conmebol onde será o jogo diante do Caracas, na terça-feira da próxima semana. O presidente Fábio Koff conseguiu adiar o prazo até a tarde desta segunda. Como a indefinição segue, a entidade sul-americana deu até a tarde de terça para que a Arena receba o habite-se da prefeitura. Caso contrário o jogo da Libertadores será no Olímpico.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolGrêmioCopa Libertadores

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.