Grêmio não terá Tcheco e Máxi Lopez contra o Inter

Após vencer o Coritiba por 2 a 0, no Estádio Olímpico, o Grêmio começa a se preparar nesta terça-feira para o duelo do próximo domingo, contra o Internacional, no Beira-Rio, pela 31.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

AE, Agencia Estado

19 de outubro de 2009 | 10h38

No confronto, o técnico Paulo Autuori não poderá contar com o meia Tcheco e o atacante Máxi Lopez, que levaram o terceiro cartão amarelo contra o Coritiba e irão cumprir suspensão. Em compensação, o atacante Herrera e o meio-campista Adilson, suspensos contra o Coxa, estão à disposição do treinador, assim como o meia Douglas Costa, vice-campeão mundial Sub-20 com a seleção brasileira no Egito, na semana passada.

Depois da vitória sobre o Coritiba, o assessor de futebol do Grêmio, Luiz Onofre Meira, lamentou os desfalques que o time terá contra o Internacional e mostrou um discurso cauteloso ao comentar as chances de vencer o rival no próximo domingo. "São dois grandes desfalques realmente (Máxi Lopez e Tcheco). Mas temos as voltas do Adílson, temos o Herrera e o objetivo é pontuar no Beira-Rio", afirmou o dirigente.

Já o presidente do Grêmio, Duda Kroeff, ressaltou a importância de o Grêmio vencer o Inter no clássico, fato que dará moral ao time na luta para conquistar uma vaga na Libertadores. "Uma vitória no Gre-Nal servirá para confirmar esses três pontos, somar mais três e projetar mais três contra o Avaí, porque ganhando o clássico o astral fica muito grande, a gente sabe disso, pois é uma rivalidade muito forte", disse.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCampeonato BrasileiroGrêmio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.