Grêmio passa pelo Figueirense com pênalti polêmico

Barcos marca gol que deixa equipe gaúcha com 50 pontos, na sexta posição; Figueirense continua com 35 pontos, próximo ao Z-4

ELDER OGLIARI, Estadão Conteúdo

22 de outubro de 2014 | 23h25

O Grêmio venceu o Figueirense por 1 a 0 nesta quarta-feira, em Porto Alegre, com gol de pênalti contestado pelos time catarinense e recorrendo a quatro volantes em boa parte do segundo tempo para segurar o resultado. No fim, o time visitante ainda reclamou bastante de um pênalti não anotado pelo árbitro paulista Vinicius Furlan.

Com 50 pontos no Campeonato Brasileiro, o Grêmio é o sexto e mantém a esperança de entrar na zona de classificação para a Libertadores nas próximas rodadas. O Figueirense estacionou em 35 pontos e segue bem perto da zona de rebaixamento.

Em jogo de baixa qualidade técnica, as chances de gol foram raras. O Grêmio chegou a mandar uma bola na trave, cabeceada por Luan, após cobrança de escanteio feita por Dudu, aos 21 minutos do primeiro tempo. Pouco depois, marcou seu gol.

Na tentativa de desarmar Zé Roberto, Nirley deu um carrinho e ainda tocou com o braço na bola. O juiz deu pênalti, que Barcos cobrou e converteu. O Figueirense só tentou chutes de longe, com Rivaldo e Clayton, que Marcelo Grohe defendeu com facilidade.

No início do segundo tempo o Figueirense se expôs um pouco mais e o Grêmio aproveitou os espaços. Depois de dois bons ataques dos visitantes, o Grêmio conseguiu chegar rapidamente à área adversária e concluir com perigo. No primeiro lance, Luan tentou o canto, mas Tiago Volpi, atento, defendeu. No segundo, Barcos tentou mandar a bola para as redes de calcanhar, mas um zagueiro chegou a tempo de afastar o perigo e evitar o que teria sido um golaço. E foi só. 

Luiz Felipe Scolari substitui Luan por Walace aos 26 minutos e ficou com quatro volantes no time para segurar o resultado. Argel Fucks respondeu com o atacante Pablo no lugar do volante Paulo Roberto, mas também não conseguiu tornar o ataque do Figueirense mais eficiente. Nem um dos dois times voltou a criar grandes chances. No final do jogo, Rivaldo foi expulso e saiu reclamando de um "roubo".

Get Adobe Flash player
FICHA TÉCNICA:

GRÊMIO 1 X 0 FIGUEIRENSE

GRÊMIO - Marcelo Grohe; Pará, Pedro Geromel, Bressan e Zé Roberto; Ramiro, Matheus Biteco (Alan Ruiz), Riveros, Dudu (Eric) e Luan (Walace); Barcos. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

FIGUEIRENSE - Tiago Volpi; Jefferson, Thiago Heleno, Nirley e Roberto Cereceda; Paulo Roberto (Pablo), Rivaldo, Marco Antônio e Giovanni Augusto; Clayton (Mazola) e Marcão (Everaldo). Técnico: Argel Fucks.

GOL - Barcos aos 37 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO - Vinícius Furlan (SP).

CARTÕES AMARELOS - Riveros, Luan (Grêmio); Nirley e Marco Antônio (Figueirense).

CARTÃO VERMELHO - Rivaldo (Figueirense).

PÚBLICO - 18.815 (16.979 pagantes.

RENDA - R$ 364.664,00.

LOCAL - Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolGrêmioFigueirenseBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.