Grêmio pega o Bahia de Joel Santana e tenta deslanchar como visitante

Time gaúcho entra em campo, às 20h30, para se afastar ainda mais da zona de rebaixamento

Elder Ogliari, Agência Estado

08 de setembro de 2011 | 08h00

PORTO ALEGRE - O Grêmio enfrenta o Bahia nesta quinta-feira, às 20h30, no estádio de Pituaçu, em Salvador, em um jogo crucial para os dois times. O clube tricolor gaúcho começou a 22.ª rodada como o 15.º colocado na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro, com 24 pontos e seis vitórias, enquanto que o rival baiano é o 16.º, com a mesma pontuação, mas com cinco triunfos.

Quem vencer abrirá seis pontos de vantagem para o Atlético Mineiro, que está em 17.º lugar, com 21 pontos, e deixa de correr o risco de cair para a zona de rebaixamento na próxima rodada. Quem perder segue em situação vulnerável.

Desde que voltou a ser dirigido por Celso Roth, há sete rodadas, o Grêmio recuperou sua força dentro do Olímpico, onde colecionou três vitórias, mas ainda não conseguiu uma atuação convincente fora de casa. O jogo em Salvador é visto como uma chance para mudar a história.

Desta vez, o clube tricolor gaúcho terá de fazer apenas uma substituição - de André Lima, suspenso, por Brandão - e acredita que poderá ser eficiente como no último domingo, quando aplicou 4 a 0 no Atlético Paranaense. A fórmula tem sido bloquear os avanços adversários com dois laterais, dois zagueiros e dois volantes e projetar um dos laterais, Mário Fernandes ou Julio César, nos movimentos de ataque, quando também um dos meias, quase sempre Escudero, se aproxima de Brandão na área adversária.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCampeonato BrasileiroGrêmio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.