André Rigue/estadão.com.br
André Rigue/estadão.com.br

Grêmio perde do Avaí, mas avança na Copa do Brasil

Time gaúcho assegura a vaga por ter feito 3 a 1 no primeiro confronto; próximo rival é Fluminense ou Lusa

AE, Agência Estado

22 de abril de 2010 | 00h06

O Grêmio sofreu nesta quarta-feira, mas conseguiu se classificar para as quartas de final da Copa do Brasil. Jogando na Ressacada, em Florianópolis, o time gaúcho foi derrotado pelo Avaí por 3 a 2, ao levar um gol nos acréscimos, mas assegurou a vaga por ter vencido o jogo de ida por 3 a 1.

 

Veja também:

COPA DO BRASIL - tabela Tabela

Os visitantes tiveram dificuldade para segurar o embalado ataque dos donos da casa, que ficaram a um gol da classificação no primeiro tempo e esteve perto de levar a partida para os pênaltis na etapa final, antes do gol salvador de Fábio Rochemback.

O adversário do Grêmio sairá do confronto entre Fluminense e Portuguesa, que jogam nesta quinta-feira. O vencedor deste duelo fará o jogo de ida das quartas de final diante de sua torcida, no dia 28 ou 29. A partida de volta será realizada no dia 5 ou 6 de maio, em Porto Alegre.

JOGO

Com a necessidade de vencer por dois gols de diferença para seguir na competição, o Avaí entrou em campo com uma postura ofensiva e não deu descanso para a defesa gremista nos primeiros minutos da partida.

Robinho levou perigo em duas boas jogadas, uma delas logo no primeiro minuto da partida. Em seguida, foi a vez de Davi preocupar os zagueiros rivais. Aos 26, ele avançou pelo meio, entrou na área e bateu com perigo, para fora. Um minuto depois, ele bateu da pequena área e bateu forte, exibindo grande defesa de Victor.

Único destaque do Grêmio no primeiro tempo, o goleiro voltou a brilhar aos 36, quando defendeu cabeçada de Roberto à queima roupa, após passe de Rafael, também de cabeça. Enquanto Victor salvava os visitantes na defesa, o ataque pouco criava e praticamente não levou perigo ao gol de Zé Carlos antes do intervalo.

O Avaí, por outro lado, foi premiado com gol no final do primeiro tempo, depois de seguidas investidas. Após escanteio da esquerda, Roberto subiu mais que a defesa e mandou, de cabeça, para o gol. "Nosso time foi pra cima, e é assim que tem que ser. No segundo tempo vamos fazer a mesma coisa", avisou o atacante David na saída para o intervalo.

Como prometido, os donos da casa mantiveram a postura agressiva no segundo tempo. Mas, desta vez, o Grêmio saiu para o jogo e soube aproveitar os espaços na defesa do Avaí. Aos 6, Jonas chegou a balançar as redes, mas o árbitro Heber Roberto Lopes assinalou falta do atacante na pequena área.

Três minutos depois, Jonas puxou contra-ataque com Borges e assustou a defesa do Avaí. Na sequência, após cobrança de escanteio, Rodrigo acertou o travessão e, no rebote, Jonas não perdoou. Ele dominou a bola no peito e acertou de primeira, sem dar chances a Zé Carlos.

O empate motivou o Grêmio, que cresceu em campo e levava cada vez mais perigo ao gol anfitrião. Aos 18, em rápida jogada pela direita, Douglas escapou na lateral e cruzou rasteiro para Jonas. O goleiro do Avaí se esticou para evitar a conclusão do perigoso passe.

Os donos da casa não se intimidaram com a reação adversária e seguiram mostrando objetividade no ataque. Aos 16, Roberto mandou para as redes, mas o árbitro marcou o impedimento. Dez minutos depois, o mesmo Roberto iniciou a jogada que levou ao segundo gol do Avaí. Ele foi até a linha de fundo pela esquerda e cruzou para Laércio, sem marcação, apenas completar para o gol.

O placar ainda favorecia o Grêmio, porém o Avaí manteve o ritmo e mostrava bom volume de jogo no meio-campo, em busca do terceiro gol, que levaria a partida para os pênaltis.

Contudo, o Grêmio surpreendeu em jogada de bola parada e acabou com as chances dos anfitriões aos 32. Fábio Rochemback acertou um forte chute de fora da área, em cobrança de falta, e não deu chances ao goleiro Zé Carlos.

Nos acréscimos, Laércio ainda marcou o terceiro do Avaí, aos 48 minutos, ao receber passe de Robinho e bater na saída de Victor. Mas o gol não foi o suficiente para dar a vaga aos donos da casa, que precisariam de mais dois para avançar na Copa do Brasil.

AVAÍ 3 X 2 GRÊMIO

Avaí - Zé Carlos; Emerson Nunes (Patric), Rafael, Émerson, Uendel; Marcinho Guerreiro, Batista, Robinho, Davi (Medina); Roberto, Christian (Laércio). Técnico: Péricles Chamusca.

Grêmio - Victor; Edílson, Mário Fernandes, Rodrigo e Fábio Santos; Ferdinando, Willian Magrão (Fábio Rochemback), Douglas e Leandro (Adilson); Jonas (Hugo) e Borges. Técnico: Silas.

Gols - Roberto, aos 44 minutos do primeiro tempo. Jonas, aos 10, Laércio, aos 26 e aos 48, e Fábio Rochemback, aos 32 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos - Medina, Marcinho Guerreiro (Avaí); Rodrigo, Willian Magrão, Fábio Santos, Victor (Grêmio).

Árbitro - Heber Roberto Lopes (PR).

Renda e público - Não disponíveis.

Local - Estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCopa do BrasilAvaíGrêmio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.