Jarbas Oliveira/Grêmio
Jarbas Oliveira/Grêmio

Grêmio perde para o Ceará fora de casa e segue na zona de rebaixamento

Tricolor gaúcho continua com dois pontos na tabela de classificação após derrota por 2 a 1, no Castelão

Redação, Estadão Conteúdo

19 de maio de 2019 | 21h26

O Grêmio não consegue decolar no Campeonato Brasileiro. Neste domingo, o time gaúcho perdeu para o Ceará, por 2 a 1, no Castelão, em duelo válido pela quinta rodada. Com isso, o time gaúcho segue sem vencer e na zona de rebaixamento.

Antes de a bola rolar, o técnico Renato Gaúcho voltou a falar que o Grêmio se recuperaria na competição. Com a bola rolando, porém, o time novamente sofreu defensivamente. Em cinco jogos, os gaúchos acumulam três derrotas, dois empates e nenhuma vitória. É apenas o penúltimo colocado com dois pontos, mesma pontuação do Vasco que fica na lanterna pelo saldo de gols: -7 a -3.

Enquanto isso, o Ceará encerra uma sequência negativa de três derrotas consecutivas. Os cearenses estrearam com vitória sobre o CSA (4 a 0, em casa) e depois perderam para Cruzeiro (1 a 0, fora de casa), Atlético-MG (2 a 1, em casa) e Goiás (2 a 1, fora de casa). Esta vitória colocou o Ceará em 12º, com seis pontos.

O time da casa entrou em campo pressionando o Grêmio e abriu o placar logo aos dez minutos. Após ótima troca de passes, Thiago Galhardo tocou de calcanhar para Ricardinho e o meia acertou chute forte no canto direito, sem chances de defesa para o goleiro Paulo Victor.

A vantagem e a empolgação nas arquibancadas incentivaram o time cearense em campo. Tanto que pouco tempo depois, aos 23 minutos, os donos da casa ampliaram o placar. Em contra-ataque, Fernando Sobral lançou Thiago Galhardo e o meia cruzou na área. Michel foi cortar, mas mandou contra o próprio gol.

Ao Grêmio não restou alternativa a não ser investir mais no ataque para diminuir o placar. Se trocando passes estava difícil, aos 30 minutos o atacante Everton fez jogada individual e chutou cruzado. A bola ainda desviou em Ricardinho antes de entrar no canto do goleiro Richard.

No segundo tempo, o Grêmio melhorou e pressionou o Ceará. Aos 19 minutos, Juninho Capixaba recebeu pelo lado esquerdo e cruzou para Alisson. O meia cabeceou forte e Diogo Silva, que substituiu Richard no intervalo, fez ótima defesa. Depois, aos 21, foi a vez de André tentar de cabeça, mas também parar no goleiro.

Renato Gaúcho ainda buscou o empate com as entradas de três peças ofensivas - Felipe Vizeu, Marinho e Pepê - mas o Ceará se defendeu muito bem e segurou o resultado positivo até o apito final.

O Ceará volta a campo no dia 27, para enfrentar o Avaí, às 20 horas, na Ressacada, em Florianópolis. Já o Grêmio, na próxima quarta-feira visitará o Juventude, às 21h30, em Caxias do Sul, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. Depois no sábado, às 19 horas, vai receber o Atlético-MG em Porto Alegre.

FICHA TÉCNICA

CEARÁ 2 X 1 GRÊMIO

CEARÁ - Richard (Diogo Silva); Samuel Xavier, Valdo, Luiz Otávio e João Lucas; Fabinho, Ricardinho, Fernando Sobral, Thiago Galhardo (Pedro Ken) e Leandro Carvalho (Rick); Bergson. Técnico: Enderson Moreira.

GRÊMIO - Paulo Victor; Leonardo, Pedro Geromel, Michel e Juninho Capixaba (Pepê); Rômulo (Marinho), Matheus Henrique e Thaciano; Alisson (Felipe Vizeu), André e Everton. Técnico: Renato Gaúcho.

GOLS - Ricardinho, aos dez minutos, Michel, aos 23 minutos, e Everton, aos 30 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO - Igor Junio Benevenuto de Oliveira (MG).

CARTÕES AMARELOS - João Lucas, Fabinho e Pedro Ken (Ceará); Matheus Henrique, Everton, Pepê e Marinho (Grêmio).

RENDA E PÚBLICO - Não divulgados.

LOCAL - Estádio Castelão, em Fortaleza (CE).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.