Grêmio planeja barrar Léo e Robinho

O Grêmio conta com um esquemaespecial para barrar o lado esquerdo do ataque do Santos e com oapoio dos 3 mil torcedores que promete levar à Vila Belmiro,neste domingo, para conquistar três pontos e seguir dependendoapenas das próprias pernas na luta para fugir do rebaixamento nocampeonato brasileiro. Qualquer resultado que não seja a vitóriacontra o vice-campeão brasileiro só não será trágico para otricolor gaúcho, que tem 46 pontos e é o 22º colocado, seFluminense, Paysandu, Fortaleza, Bahia e Ponte Preta também sederem mal na rodada. Preocupado em anular as investidas pela esquerda feitas porLéo, Robinho e, eventualmente, Diego, Adílson tirou do time opromissor lateral-direito George e vai deslocar para a posição ovolante Leanderson, mais afeito à marcação, embora poucoacostumado a criar jogadas de ataque. A preocupação com o triosantista é tanta que Adílson orientou os reservas a imitarem ascaracterísticas dos adversários durante os treinos da semana. Mas o Grêmio não está concentrado apenas nos cuidadosdefensivos. A mudança de Leanderson vai deixar uma vaga nomeio-campo, permitindo que Bruno continue como titular mesmo coma volta de Gilberto, a quem substituiu em Criciúma, no domingopassado. Com isso, o time terá em campo dois articularescriativos. O único mistério do técnico está no ataque. São trêsjogadores - Marcelinho, Christian e Cláudio Pitbull - para duasposições e a escolha só será anunciada pouco antes de o timeentrar em campo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.