Grêmio provoca o Inter pela derrota no Mundial de Clubes

O Grêmio agiu rápido e não deixou de aproveitar a oportunidade para provocar o arquirrival Internacional, que nesta terça-feira foi eliminado nas semifinais do Mundial de Clubes da Fifa. O time do Olímpico parabenizou por meio do Twitter o Mazembe, do Congo, pela vitória sobre os colorados por 2 a 0.

AE, Agência Estado

14 de dezembro de 2010 | 17h14

"Grêmio é o único clube gaúcho invicto em jogos do Mundial de Clubes. Parabéns ao Mazembe do Congo", postou o clube em seu perfil oficial na rede social.

O Grêmio, na verdade, não disputou a versão moderna do Mundial de Clubes da Fifa, criado em 2000. Participou de dois Mundiais Interclubes: em 1983 foi campeão com uma vitória por 2 a 1 sobre o Hamburgo, e em 1995 foi vice após perder para o Ajax nos pênaltis, após empate por 0 a 0 no tempo normal e na prorrogação.

Antes mesmo de saber da provocação gremista, o presidente do Inter, Vitório Píffero, comentou, em Abu Dabi, de forma contundente a derrota da equipe. "Só pode ter uma derrota no Mundial da Fifa quem está aqui. E só chega aqui quem ganhou a Libertadores. Trabalhamos para obter esta vitória, todo mundo no clube, todo torcedor, mas não conseguimos."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.