Divulgação
Divulgação

Grêmio quer ganhar R$ 100 mil com peças do Olímpico

Tricolor gaúcho coloca a disposição dos torcedores pôsteres, placas de sinalização, antigas catracas de acesso e móveis

AE, Agência Estado

19 de agosto de 2013 | 16h21

PORTO ALEGRE - O Grêmio inaugurou no fim do ano passado a sua nova Arena, estádio que vem utilizando no Campeonato Brasileiro, mas ainda não abandonou o Estádio Olímpico, onde realiza boa parte dos seus treinos. Mesmo assim, quer lucrar com o fim da sua antiga casa. No próximo sábado, vai realizar um leilão de peças do Olímpico.

Nominado Leilão Meu Pedaço do Olímpico, o evento será sábado, 15h, no salão nobre do conselho deliberativo. Será a penúltima oportunidade de o torcedor adquirir algumas peças que fazem parte da história dos 59 anos do estádio. Depois, o Olímpico será dado à empresa que construiu a nova Arena Grêmio. Há também a opção de participar de um leilão online.

Com os itens, que incluem pôsteres, placas de sinalização, antigas catracas de acesso, móveis e objetos, o clube pretende arrecadar R$ 100 mil. Na primeira edição do leilão, realizada no final de 2012, foram comercializadas 200 peças que renderam ao clube cerca de 30 mil reais.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolGrêmio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.