Arquivo/AE
Arquivo/AE

Grêmio recebe Caracas em busca de vaga na Libertadores

Time gaúcho precisa vencer ou empatar por 0 a 0 no Olímpico para garantir a classificação nas semifinais

EFE,

16 de junho de 2009 | 22h04

O Grêmio jogará contra o Caracas nesta quarta-feira, às 21h50 de Brasília, pela volta das quartas de final da Copa Libertadores, e tentará fazer valer seu favoritismo no confronto que vale uma vaga na semifinal.

 

Veja também:

tabela Copa Libertadores - Classificação e Calendário 

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão

 

Após o empate em 1 a 1 na Venezuela, os gaúchos se garantem na próxima fase com uma igualdade sem gols, por terem marcado fora de casa.

 

Ocupando a sétima posição no Campeonato Brasileiro, os anfitriões chegam ao Estádio Olímpico após empatar em 0 a 0 com o Fluminense, no Rio de Janeiro.

 

O técnico Paulo Autuori contará com a volta do lateral-direito Ruy e do zagueiro Réver, que não jogaram no Maracanã, suspensos.

 

Apesar do empate, o capitão Tcheco ressaltou o novo estilo da equipe, exibido pela primeira vez contra o Fluminense. Para o meia, o time já começa a ter a cara de Autuori.

 

"Estamos prontos para fazer um bom jogo contra o Caracas", disse.

 

O desfalque do Grêmio será o goleiro Victor, que defende a seleção brasileira na Copa das Confederações. Seu substituto é Marcelo Grohe, que alertou para a velocidade dos venezuelanos.

 

"O Caracas joga com velocidade e é forte nas jogadas aéreas. Precisamos ficar atentos", afirmou.

 Grêmio
Marcelo Grohe; Ruy, Leo, Réver e Fabio Santos; Adilson, Tulio, Tcheco e Souza; Alex Mineiro e Maxi López
Técnico: Paulo Autuori
 Caracas (VEN)
Renny Vega; Giovanny Romero, Deivis Barone, José Manuel Rey e Gabriel Cichero; Luis Vera, Darío Figueroa, Franklin Lucena e Jesús Gómez; Rafael Castellín e Emilio Rentería
Técnico: Noel Sanvicente
Árbitro: Carlos Torres (PAR)

Estádio: Olímpico, em Porto Alegre

Horário: 21h50

TV: SporTV 2

A equipe visitante chegou a Porto Alegre na segunda-feira, antecipando sua chegada para fazer a aclimatação ao frio da cidade.

 

A situação do Caracas é um pouco mais complicada, já que o time ainda não venceu como visitante e vai encarar um adversário que está invicto como mandante.

 

Ainda assim, o goleiro Renny Vega acredita que o duelo será equilibrado e sua equipe tem as mesmas chances de classificação que o Grêmio.

 

O técnico Noel Sanvicente não deve fazer muitas mudanças para o confronto contra os gaúchos. A única novidade é a entrada do meia Lucena no lugar de Piñangos.

Tudo o que sabemos sobre:
Copa LibertadoresGrêmioCaracas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.