Divulgação
Divulgação

Grêmio recebe Chapecoense de olho no G4 do Brasileiro

Time gaúcho entra na 23ª rodada do Campeonato Brasileiro em quinto lugar, apenas um ponto atrás do quarto colocado

Elder Ogliari e Tomás M. Petersen , Estadão Conteúdo

21 Setembro 2014 | 07h32

O Grêmio pode entrar de vez na briga por uma das quatro vagas para a Libertadores de 2015 se vencer a Chapecoense neste domingo, 21, a partir das 18h30, em Porto Alegre. O time gaúcho entra na 23ª rodada do Brasileirão em quinto lugar, apenas um ponto atrás do quarto colocado Corinthians (37 a 36), e luta para entrar no G4.

Mas, para ganhar da Chapecoense na Arena Grêmio, o time gaúcho precisa melhorar a pontaria. Nos dois jogos mais recentes, o ataque não marcou gols. Em compensação, a defesa não sofre gols há cinco partidas e vem sendo o ponto alto desde que o técnico Luiz Felipe Scolari assumiu o comando.

O volante Ramiro é o único desfalque certo neste domingo. O substituto será escolhido entre Walace e Riveros. A maior dúvida, no entanto, está no ataque. O artilheiro Barcos sofreu uma lesão na coxa direita e pode não se recuperar a tempo de jogar. Se ficar de fora, será substituído por Lucas Coelho. A boa notícia para Felipão é que o lateral-esquerdo Zé Roberto cumpriu suspensão no empate contra o Santos, na quinta-feira, e volta ao time.

Já na equipe catarinense, depois de arrancar um empate com o Corinthians, na última quinta-feira, no Itaquerão, a Chapecoense tem outro desafio fora de casa, encarar o Grêmio em Porto Alegre.

O empate de quinta-feira foi muito importante para a Chapecoense, por somar ponto diante de um dos líderes do campeonato, mas a luta continua para se afastar da zona de rebaixamento. Uma derrota neste domingo por representar o retorno para o grupo dos quatro últimos colocados.

"A postura que tivemos com o Corinthians é a que devemos ter no resto do campeonato", avisou o volante Bruno Silva, ao comentar sobre o jogo de quinta-feira, quando ele acredita que a Chapecoense poderia ter conseguido até mesmo a vitória.

Para o jogo deste domingo na Arena Grêmio, a Chapecoense não tem desfalques em relação à última rodada, o que deve fazer o técnico Jorginho manter o time que atuou em São Paulo.

Mais conteúdo sobre:
futebolBrasileirãoGrêmio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.