Lucas Uebel/Divulgação
Lucas Uebel/Divulgação

Grêmio recebe Universidad Católica e tenta não repetir erros de derrota no Chile

Time tricolor pode garantir a classificação para as oitavas de final nesta terça-feira

Redação, Estadão Conteúdo

29 de setembro de 2020 | 07h21

O Grêmio ficou em situação extremamente delicada na Libertadores após perder da Universidad Católica, no Chile. Renasceu ao ganhar do Internacional, fora de casa, e nesta terça-feira pode até se garantir nas oitavas de final. O técnico Renato Gaúcho usou muito os erros apresentados pelo time naquele jogo para mostrar qual caminho a seguir esta noite, às 19h15, na Arena Grêmio. No duelo com os chilenos, classificado como "complicado", a meta é não desperdiçar pontos.

Fazer valer o mando de campo e ganhar deixará o Grêmio praticamente classificado. Desde que o Inter tire pontos na visita ao América de Cali, em jogo logo após o confronto de Porto Alegre. Ou seja: além de ganhar, terá de ficar na expectativa pelo resultado do grande rival.

"Temos de pensar em fazer o nosso resultado, diante de um adversário muito difícil. É vencer em nossa casa e se aproximar da classificação", afirma o meia-atacante Alisson, que não admite em hipótese alguma torcer pelo oponente. "Só pensar em nós mesmos."

A palavra dificuldade foi frisada muito pelo jogador para definir o confronto com os chilenos, que não têm outra saída senão ganhar no Sul. Renato Gaúcho não quer empolgação para evitar um novo revés.

"Devido aquele jogo, aprendemos que precisávamos melhorar, parar de oscilar. Eles forem muito bem, têm uma equipe forte, bem treinada e vão impor dificuldade. Mas estamos preparados."

Sem Lucas Silva, suspenso, Robinho deve formar o trio de marcadores no meio com Darlan e Matheus Henrique, o que dá mais liberdade para Alisson encostar em Pepê e Diego Souza na frente.

Isso caso o treinador não ouse, com o retorno de Jean Pyerre, recuperado de lesão. Maicon também está à disposição. Na defesa, Geromel também pode aparecer após alguns jogos fora, por lesão.

Do outro lado, o Grêmio encontrará um rival que segue em bom momento. Mesmo com o empate com o Éverton, fora de casa, no fim de semana, o Universidad Católica continua na liderança do Campeonato Chileno. Tem cinco de vantagem sobre o Unión La Calera e deve desembarcar em Porto Alegre com a confiança em alta.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.