Grêmio recusa proposta do Lokomotiv Moscou por Lucas

Os dirigentes do Grêmio não aceitaram uma proposta oferecida nesta quarta-feira pelo Lokomotiv Moscou, da Rússia, para contratar o volante Lucas, de 20 anos, um dos destaques do Brasil no Sul-Americano sub-20. Com isso, o jogador permanecerá na equipe para a disputa da Copa Libertadores. "Continuaremos a conversar com quem tiver interesse no futebol do Lucas", explicou o presidente do Grêmio, Paulo Odone. "Nós queremos que o jogador participe da Libertadores. Portanto, ele ficará conosco pelo menos até o final da competição." O principal motivo para a negociação ter fracassado foi que os russos queriam que Lucas deixasse o Grêmio imediatamente, o que acabou desagradando ao próprio jogador, que já havia demonstrado grande interesse em disputar a Libertadores com a camisa gremista. O prórpio atleta revelou que deseja jogar o torneio continental. ?Sei que tive minha parcela de contribuição na conquista da vaga na Libertadores, no ano passado, e disputar esta competição pelo Grêmio é um sonho que pretendo realizar. Fiquei feliz por ter meu trabalho reconhecido pelos dirigentes do Lokomotiv, mas não chegamos nem a negociar valores, já que eles não aceitaram que eu continuasse no Brasil pelo menos até o fim da Libertadores. Vou continuar fazendo tratamento no ombro para estar à disposição do Mano Menezes o mais rápido possível?, disse Lucas, que se lesionou na partida contra o Uruguai no Sul-Americano sub-20. O valor da negociação não foi divulgado. Porém, o próprio Odone chegou a confirmar que a quantia oferecida foi maior do que seis milhões de euros. Outro clube que havia demonstrado interesse em Lucas foi o Atlético de Madrid - no entanto, as negociações não deram certo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.