Grêmio reencontra Ronaldinho Gaúcho, no Fluminense, e tenta acabar com freguesia

O Grêmio reencontra neste sábado com a sua principal revelação dos últimos anos e, ao mesmo tempo, o maior desafeto de sua torcida. A partir das 18h30, o time gaúcho visitará o Fluminense, que contará com a estreia do meia Ronaldinho Gaúcho, no estádio do Maracanã, no Rio, pela 16.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Estadão Conteúdo

01 de agosto de 2015 | 09h05

O craque está de volta ao Brasil após uma breve passagem pelo futebol mexicano. Mas se dependesse do torcedor gremista ele nem precisava ter voltado. O sentimento de traição vem desde 2011, quando o Grêmio preparou uma festa para recepcionar o ídolo que voltaria da Europa. No entanto, de última hora, Ronaldinho Gaúcho optou pelo Flamengo.

De lá para cá, o Grêmio reencontrou por sete vezes com o atleta que, além da camisa rubro-negra, também atuou pelo Atlético Mineiro. E levou a pior na maior parte das vezes. Foram apenas duas vitórias da equipe gaúcha, um empate e quatro vitórias de Ronaldinho Gaúcho, que marcou três vezes contra o time que o revelou para o futebol em 1998.

Durante a semana, os jogadores gremistas trataram de minimizar uma eventual rivalidade com o hoje veterano de 35 anos. O técnico Roger Machado também evitou polemizar sobre o assunto e colocou Ronaldinho Gaúcho como mais um atleta que terá que se preocupar no adversário.

"Me preocupo com o Ronaldinho dentro do coletivo do Fluminense. Ele tem muito talento, mas funciona bem se o coletivo funciona bem. Minha preocupação é trabalhar meu time. Vamos neutralizar as principais características do adversário. Quando há um jogador que pode ser decisivo a gente se prepara para isso. Mas sempre pensando nos aspectos coletivos", comentou Roger Machado.

O pensamento no Grêmio está em reencontrar as vitórias e voltar para o G4 do Brasileirão. Após uma derrota e um empate nas duas últimas rodadas, a equipe ocupa a sexta colocação com 27 pontos, a um do Sport, o quarto colocado. Neste sábado, enfrentará um adversário que tem o mesmo número de pontos e está em sétimo lugar.

Em campo, Roger Machado teve duas baixas durante a semana. O goleiro Marcelo Grohe e o meia Giuliano sofreram lesões musculares e não viajaram para o Rio. O próprio treinador não poderá ficar no banco de reservas por ter sido expulso contra o Sport. O auxiliar James Freitas comandará a equipe.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoGrêmio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.